ACidadeON

Cotidiano

Conselho municipal decide tombar centro universitário na zona sul de SP

Conpresp centro universitário tombamento

| Estadao Conteudo

O Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp) decidiu tombar a sede do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), localizado no Capão Redondo, zona sul da cidade de São Paulo. O espaço é datado dos anos 20. A decisão levou em consideração a "representatividade e importância" da instituição como "polo indutor de urbanização" do bairro no século 20.

O tombamento foi requerido em 2012 por um ex-aluno. Em breve, a decisão será publicada em Diário Oficial e, se não houver contestação, será acatada pela Secretaria Municipal de Cultura. A decisão do Conpresp foi unânime, embora parte das edificações do local tenha passado por alterações nas características originais.

"Também justifica a preservação da área, este modelo de instituição de assistência social em regime de internato integral, cuja estrutura e formatação de congregar as áreas de habitação, de estudos, de produção e de socialização em um mesmo local que foi adotada e muito utilizada no século passado, como forma de integrar a preparar jovens e adolescentes para o cotidiano da vida", ressalta a ata da decisão.

O terreno do centro universitário foi comprado em 1915 pelo casal de missionários norte-americanos John e Augusta Boehm. No ano seguinte, eles começaram a dar aulas no local, rebatizado como Colégio da União Conferência Brasileira dos Adventistas do Sétimo Dia, que deu origem à Unasp.

Veja também