ACidadeON

Cotidiano

Motoristas furam blitze da Lei Seca e provocam acidentes no Rio

Lei Seca blitze acidentes Rio

| Estadao Conteudo

Uma mulher morreu e um PM teve uma perna amputada em dois acidentes provocados por pessoas que furaram blitze da Lei Seca no Estado do Rio, na noite de sexta-feira, 6.

Em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, o cabo da PM Carlos Eduardo Guimarães Teixeira transitava com sua caminhonete S-10 pela Rua Lampadosa, no bairro Vila Nova, quando recebeu a ordem de parar numa blitze. Ele decidiu fugir e acabou batendo em uma moto que transportava duas pessoas. Um mulher morreu no local. A outra pessoa se feriu e foi levada para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, conhecido como Hospital da Posse. Até a manhã deste sábado não havia informações sobre o estado de saúde desse ferido e o nome das vítimas não havia sido divulgado.

O PM, que trabalha na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Coroa/Fallet/Fogueteiro, no centro do Rio, foi preso em Mesquita, município vizinho. A Corregedoria da Polícia foi acionada. Até a manhã deste sábado não havia informações sobre a razão que levou o policial a ignorar a blitz.

Perna amputada

Em São Conrado, na zona sul do Rio, um homem que dirigia uma caminhonete Mitsubishi L-200 de cor prata trafegava pela autoestrada Lagoa-Barra quando foi orientado pelo sargento Marcio Luiz Marmelo do Vale a parar em uma blitze da Lei Seca. Ele não obedeceu e atropelou o PM, que teve que amputar uma perna.

O motorista ainda bateu num Ford Ecosport vermelho dirigido pelo motorista de van Jurandir Antônio da Silva, de 66 anos, e capotou. Silva sofreu apenas escoriações. O motorista causador do acidente também se feriu.

Todos foram conduzidos ao Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea (zona sul), onde o sargento foi operado e amputou a perna. Silva foi medicado e liberado, e o motorista que tentava fugir da blitze foi internado sob custódia, já que está preso em flagrante. Ele aparentava estar embriagado. Seu nome não havia sido divulgado até a manhã deste sábado.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários