Aguarde...

cotidiano

João Doria decreta quarentena de 15 dias no Estado

Todos os comércios deverão fechar e somente serviços essenciais permanecerão abertos; medida começa na terça-feira (24)

| ACidadeON

João Doria decretou quarentena de 15 dias em São Paulo (Foto: Divulgação) 

O governador João Doria (PSDB), anunciou, no começo da tarde deste sábado (21), uma quarentena por 15 dias para os 645 municípios do Estado. Somente serviços essenciais poderão funcionar. A ação faz parte de uma série de prevenções ao coronavírus.

Segundo Dória, o Estado registrou, até o começo da tarde deste sábado (21), 15 mortes de pessoas infectadas pelo coronavírus, 396 casos confirmados e 34 pacientes internados em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) em tratamento. 

"O governo do Estado de São Paulo acabou de declarar que a partir de terça-feira (24), até o dia 7 de abril, uma quarentena. Todo os estabelecimentos deverão fechar e somente os serviços essenciais vão funcionar", afirmou.

As transportadoras, armazéns, serviços de transporte público, serviços de call center, pet shop continuam funcionando com as orientações dos sanitaristas. O serviço de Segurança Pública, tanto estadual, quanto municipais, continuam funcionando normalmente. Os bancos e lotéricas também continuam abertos. As indústrias devem continuam operando, já que não têm atendimento ao público em geral.

"Esta medida poderá ser renovada, estendida ou suprimida se houver necessidade, mas ela faz parte das informações que nós temos embasadas da Secretaria de Saúde e do Centro de Controle do Covid-19", afirmou Doria.

FEDERAL

O Ministério da Saúde publicou portaria nessa sexta-feira decretando o estado de transmissão comunitária do novo coronavírus em todo o Brasil. Com isso, as orientações para locais nessa modalidade de forma de disseminação do vírus passam a valer em todo o país.

Mais do ACidade ON