ACidadeON

cotidiano

Personalidades fazem show em prol de famílias imigrantes separadas nos EUA

EUA imigração famílias show benificente

| Estadao Conteudo

Grandes estrelas da Broadway anunciaram nesta segunda-feira, 25, um show em prol dos esforços para reunificar famílias imigrantes separadas pela política de tolerância zero do presidente dos EUA, Donald Trump.

Cantores e atores se apresentarão no PRÓXIMO sábado, dia 30, no Cooper Union, no bairro East Village de Nova York, como parte dos protestos organizados nacionalmente sob o lema "Families Belong Together" (Famílias Permanecem Juntas, em tradução livre).

Entre os participantes estão Audra McDonald, seis vezes vencedora do prêmio Tony, Idina Menzela, que fez "Wicked" e "Glee" , e Andrew Rannells, que venceu um Tony por "The Book of Mormon" e ganhou um papel na série de televisão da HBO "Girls".

O evento também terá a participação de Tina Fey, atriz de comédia conhecida por seu trabalho na TV em "Saturday Night Live" e "30 Rock".

O show vai arrecadar fundos para El Otro Lado, Texas Civil Rights Project e outros grupos que trabalham na fronteira entre Estados Unidos e México.

Trump, que fez campanha com a promessa de frear a imigração ilegal, ordenou em maio a prisão de todos os que cruzarem a fronteira ilegalmente, uma decisão que separou centenas de crianças de seus pais.

Após uma indignação generalizada, sobretudo após a divulgação de gravações com o choro de crianças separadas de seus pais e imagens de menores em grandes jaulas, Trump disse que os Estados Unidos não separariam mais pais de seus filhos, mas ainda deterá famílias.

Mais de 2,3 mil crianças foram separadas de seus pais desde maio. De acordo com o governo dos EUA, 522 já foram reunidas com suas famílias.

Veja também