Aguarde...
Curadoria Hilst
  • +

    Curadoriahilst

    Curadoria Hilst Especial: Zélia Duncan

    Ao vivo no Curadoria Hilst, Zélia Duncan vem trazer leveza em tempos difíceis, amor para superar tanta agressividade

    | ACidade ON

    da 

    O Curadoria Hilst Especial traz um bate-papo ao vivo com a cantora e compositora (e cronista) Zélia Duncan, grande leitora de Hilda Hilst e mente afiada e engajada com o mundo e as grandes questões do presente.

    Qual a força e o local da arte, do "amante fazedor de palavras", como diz Hilda na série Poemas aos Homens do Nosso Tempo, ante "a mão que esmaga" dos totalitarismos que avizinham e turvam os ares.  

    O programa abre com a atriz Paula Santiago lendo a primeira poesia de Poemas aos Homens do Nosso Tempo.  

    Senhoras e senhores, olhai-nos.
    Repensamos a tarefa de pensar o mundo.
    E quando a noite vem
    Vem a contrafacção dos nossos rostos
    Rosto perigoso, rosto-pensamento
    Sobre os vossos atos.

    A muitos os poetas lembrariam
    Que o homem não é para ser engolido
    Por vossas gargantas mentirosas.
    E sempre um ou dois dos vossos engolidos
    Deixarão suas heranças, suas memórias

    A IDEIA, meus senhores

    E essa é mais brilhosa
    Do que o brilho fugaz de vossas botas.

    Cantando amor, os poetas na noite
    Repensam a tarefa de pensar o mundo.
    E podeis crer que há muito mais vigor
    No lirismo aparente
    No amante Fazedor da palavra

    Do que na mão que esmaga.

    A ideia é ambiciosa e santa.
    E o amor dos poetas pelos homens
    É mais vasto
    Do que a voracidade que vos move.
    E mais forte há de ser
    Quanto mais parco

    Aos vossos olhos possa parecer.

    Afinal, existe mais vigor no lirismo aparente do que na mão que esmaga? A Verdade é necessária diante do absurdo? 

    Vamos falar da complexidade da cadeia produtiva da cultura, os impactos da Covid e o que Zélia enxerga no horizonte, pós pandemia, o que vai mudar no produzir e fazer chegar música para o público, da agressividade do mundo contemporâneo e nas redes sociais. 

    Não perca! É hoje, às 20h!!



    Mais do ACidade ON