Aguarde...
Curadoria Hilst
  • +

    Curadoriahilst

    Pílulas Poéticas Ode Descontínua e Remota para Flauta e Oboé

    Pílula com a atriz Ana Paula Musa, lendo o segundo poema da série que foi musicada por Zeca Baleiro

    | ACidade ON

     

    A pílula de hoje, na voz da atriz Ana Paula Musa, é o segundo poema da série "Ode Descontínua e Remota para Flauta e Oboé. De Ariana para Dionísio", publicado originalmente no livro "Júbilo, Memória, Noviciado da Paixão".

    A série foi também musicada por Zeca Baleiro no CD homônimo, com a participação de intérpretes como Zélia Duncan, Maria Bethânia e, para este poema, Verônica Sabino.

    II
    Porque tu sabes que é de poesia
    Minha vida secreta. Tu sabes, Dionísio,
    Que a teu lado te amando,
    Antes de ser mulher sou inteira poeta.
    E que o teu corpo existe porque o meu
    Sempre existiu cantando. Meu corpo, Dionísio,
    É que move o grande corpo teu

    Ainda que tu me vejas extrema e suplicante
    Quando amanhece e me dizes adeus.

    Mais do ACidade ON