Aguarde...
Curadoria Hilst
  • +

    Curadoriahilst

    Desafios de Sustentabilidade dos Museus-Casa

    A Casa da Memória Italiana aproveita a quarentena para buscar novas abordagens e novos modelos de sustentabilidade para esse importante centro cultural

    | ACidade ON


    O Tentáculos de hoje quer explorar os desafios e as possibilidades na sustentabilidade econômica de Museus-Casa. Para isso convidamos Alice Registro, Gestora da Casa da Memória Italiana, direto de Ribeirão Preto para falarmos dessas reflexões neste museu que, embora novo, já carrega muita história e personalidade. 

    Além de conhecer um pouco da história do Museu e da própria casa, vamos descobrir que ações tem sido possíveis durante a pandemia e os programas culturais já consolidados, e debater com quem está no meio do furacão sobre a realidade dos desafios de sustentabilidade do Museu. Piorou a situação com a quarentena? Ou surgem novas oportunidades?  

    O Instituto Casa da Memória Italiana foi fundado em 2013 com o propósito de pesquisar, preservar e promover a história e a cultura italiana na região de Ribeirão Preto. Em 2014, a instituição recebeu em doação o imóvel que é hoje sua sede, incluindo todo o acervo mobiliário para se tornar um dos mais bem preservados museus-casa do Brasil.  

    Situada no centro histórico de Ribeirão Preto, à Rua Tibiriçá nº 776, Joaquina Evarista Meirelles e seu filho Joaquim Machado de Souza, moradores e proprietários da Fazenda Santa Rita em Bonfim Paulista, assinaram a planta da Casa, em 28 de maio de 1923, e investiram na sua construção até ser completada em 1925. Tornou-se a partir de 1941 residência do casal de imigrantes italianos Pedro Biagi e Eugenia Viel Biagi e de seus filhos Elisa, Ida, Iris, Angela, Osônia, até 2012. Nesse ano a família iniciou o processo para tornar o imóvel não apenas um bem voltado para a comunidade, mas um centro para a difusão dessa rica história dos italianos em Ribeirão Preto.   

    A estrutura arquitetônica, e o acervo decorativo e mobiliário são originais da década de 1920 e é possível fazer um tour virtual aqui e visitar a página no facebook

    Confira esta conversa e outras sobre Gestão Cultural, Políticas Públicas de Cultura e Investimento Cultural Privado na playlist completa do Tentáculos. Não se esqueça de se inscrever no canal do Youtube.

    Se você se interessa por museus, veja também esta playlist com todos os programas sobre o tema no Curadoria.  

    Inscreva-se, comente, compartilhe, participe.

    Mais do ACidade ON