Aguarde...
Curadoria Hilst
  • +

    Curadoriahilst

    Bogotá Suena - A Memória Musical de Bogotá, Colômbia

    Hernan Halak da Mundo Giras, em parceria com o Instituto Distrital de las Artes, em busca de extinguir barreiras musicais entre povos de línguas neolatinas.

    | ACidade ON


    Bogotá Suena é uma iniciativa da entidade pública Idartes (Instituto Distrital de las Artes), da capital da Colômbia, junto a artistas independentes da cidade. O projeto chega ao quarto volume em meio a um grande desafio: difundir e imortalizar a memória musical colombiana e conectar as variadas expressões locais em diferentes gêneros.  

    Ouça esse som incrível neste link

    Vamos receber para uma conversa o Hernan Halak, diretor da produtora Mundo Giras, parceira do Idartes na empreitada de extinguir as barreiras da criatividade musical entre povos de línguas neolatinas. "O que a gente quer mesmo é criar pontes, porque os países vizinhos e o Brasil têm que se abraçar muito mais. Pra isso, é importante prestarmos atenção nas manifestações culturais de latinidades pelo mundo", destaca o produtor argentino radicado no Brasil.

    Esta é a primeira vez que a coletânea é lançada nos mercados brasileiro, espanhol e mexicano - ação que acontece de forma simultânea. As sonoridades escolhidas a dedo para dar esse passo vão desde o pop tropical de Pedrina - hoje, artista solo, mas conhecida por integrar a consagrada dupla colombiana Pedrina y Rio - até o metal consciente do grupo High Extinction Rate, banda pautada por questões ambientais desde a escolha do nome (Alta Taxa de Extinção, em uma tradução livre).

    Outro dos pilares da coletânea é a junção de nomes mais frescos das cenas musicais da capital colombiana com figuras já consolidadas na cultura da cidade e do país. "A cena alternativa bogotana tem muitíssimas cores e o compilado do Bogotá Suena é importante porque percorre pelo trabalho de diferentes artistas de gêneros bem variados. Do rock, ao punk, ao pop, ao folk. Sinto que representa não só Bogotá, mas o que é a Colômbia cultural e musicalmente, toda nossa mescla de sonoridades", diz Pedrina sobre a relevância da coletânea.

    Além dos estilos musicais já destacados, a curadoria do Bogotá Suena ainda aposta na autenticidade do jazz contemporâneo do conjunto Suricato; no hip hop de Spektra de La Rima - um dos nomes mais tradicionais na cena do rap bogotano -; na World Music da banda Folkloreta, conhecida por conduzir um verdadeiro tour sonoro pela diversidade colombiana; entre outros nomes. "Trazer essa pluralidade pra cá é essencial. E, quem sabe, a gente não aproxima ainda mais essas relações com outros projetos no futuro?", conclui Hernan.

    Não perca! Veja aqui a playlist do Tentáculos.