Aguarde...
Curadoria Hilst
  • +

    Curadoriahilst

    Poesia em Movimento no. 5: "Rútilo Nada"

    Pílulas Poéticas de Hilda Hilst com animações de Triza Saullo e voz de Paula Santiago

    | ACidade ON


    Poesia em Movimento é uma série de animações poéticas com a obra de Hilda Hilst, realizadas a partir das Pílulas Poéticas lidas pela atriz Paula Santiago na programação da Curadoria Hilst.

    A animação de hoje é inspirada no trecho inicial da obra Rútilo Nada, hoje publicado pela Companhia das Letras como parte de "Da Prosa". A novela "Rútilo nada" é narrada por várias vozes e foi publicada pela primeira vez em 1993.


    Os sentimentos vastos não têm nome. Perdas, deslumbramentos, catástrofes do espírito, pesadelos da carne, os sentimentos vastos não têm boca, fundo de soturnez, mudo desvario, escuros enigmas habitados de vida mas sem sons, assim eu neste instante diante do teu corpo morto. Inventar palavras, quebrá-las, recompô-las, ajustar-me digno diante de tanta ferida, teria sido preciso, Lucas meu amor, meus 35 anos de vida colados a um indescritível verdugo, alguém Humano, e há tantos indescritíveis Humanos feito de fúria e desesperança, existindo apenas para nos fazer conhecer o nome da torpeza e da agonia. Mas indigno e desesperado me atiro sobre o vidro que recobre a tua cara, e várias mãos, de amigos? de minha filha adolescente? de meu pai? ou quem sabe as mãos de teus jovens amigos repuxam meu imundo blusão e eu colo a minha boca na direção da tua boca e um molhado de espuma embaça aquela cintilância que foi a tua cara. Grito. Gritos finos de marfim de uma cadela abandonada tentando enfiar a cabeça na axila de Deus. De uma cadela sim. Porque as fêmeas conhecem tudo da dor (...)

    Créditos:
    Poesia de Hilda Hilst
    Edição e animação Triza Saullo
    Voz Paula Santiago
    Uma realização da Curadoria Hilst
    Parceria do Instituto Hilda Hilst com ACidadeON

    Veja a Playlist completa aqui