+

Publicidade

Curadoria Hilst

Pílula Poética nº 108 - Da Morte. Odes Mínimas

Nesta edição das #PílulasPoéticas a atriz Paula Santiago lê poema de "Da Morte. Odes Mínimas"

| ACidade ON -

   

Nesta edição das #PílulasPoéticas a atriz Paula Santiago lê poema de "Da Morte. Odes Mínimas", linda série de poemas que é acompanhado por nanquins pintados pela própria Hilda e aqui reproduzidos na capa deste vídeo. Hoje esta série está contida, com seus nanquins, em "Da Poesia", editado pela @Companhia das Letras.

"Pertencente te carrego: 
Dorso mutante, morte. 
Há milênios te sei 
E nunca te conheço. 
Nós, consortes do tempo 
Amada morte 
Beijo-te o flanco 
Os dentes 
Caminho candente a tua sorte 
A minha. Te cavalgo. Tento."

* A #Poesia de #HildaHilst na leitura da atriz Paula Santiago (@pspdeazevedo) é a alma da #CuradoriaHilst. Veja a Playlist completa aqui

* Saiba mais sobre este livro em https://tinyurl.com/yydor6tc


Mais notícias


Publicidade