+

Publicidade

Curadoria Hilst

Pílula Poética de Hilda Hilst nº 114 - Dez Chamamentos ao Amigo

Nathália Rinaldi lê poema da série, hoje editado em "Da Poesia".

| ACidade ON -

   

Pedimos para a comunidade de apaixonados pela Hilda registrarem leituras de seus poemas. Envie seus vídeos lendo Hilda!

Nesta edição das Pílulas Poéticas, Nathália Rinaldi (do instagram @_nathaliarinaldi) lê poema da série "Dez chamamentos ao Amigo", de #HildaHilst, hoje editado pela @Companhia das Letras em "Da Poesia".

"Sorrio quando penso
Em que lugar da sala
Guardarás o meu verso.
Distanciado
Dos teus livros políticos?
Na primeira gaveta
Mais próxima à janela?
Tu sorris quando lês
Ou te cansas de ver
Tamanha perdição
Amorável centelha
No meu rosto maduro?
E te pareço bela
Ou apenas pareço
Mais poeta talvez
E menos séria?
O que pensa o homem
Do poeta?
Que não há verdade
Na minha embriaguez
E que me preferes
Amiga mais pacífica
E menos aventura?
Que é de todo impossível
Guardar na tua sala
Vestígio passional
Da minha linguagem?
Eu te pareço louca?
Eu te pareço pura?
Eu te pareço moça?

Ou é mesmo verdade

Que nunca me soubeste?"

* Saiba mais sobre este livro em https://tinyurl.com/yydor6tc

Mais notícias


Publicidade