CNI considera equivocada decisão do Copom de elevar Selic CNI considera equivocada decisão do Copom de elevar Selic

CNI considera equivocada decisão do Copom de elevar Selic

CNI considera equivocada decisão do Copom de elevar Selic

A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central de elevar mais uma vez a taxa básica de juros foi considerada 'equivocada' pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O Copom aumentou a Selic nesta quarta-feira, 3, em 0,50 ponto porcentual, fixando-a em 13,75% ao ano.

Na avaliação do presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, a taxa de juros real já supera, desde dezembro do ano passado, o patamar suficiente para desacelerar a inflação nos próximos meses.

>

'A CNI entende que, neste momento, o novo aumento da taxa de juros é dispensável para o combate da inflação e trará custos adicionais desnecessários para atividade econômica, com reflexos negativos sobre consumo, produção e emprego', afirma o executivo.

A entidade avalia ainda que as desonerações recentes sobre energia elétrica, combustíveis, telecomunicação e transporte coletivo reforçam o movimento de desaceleração da inflação e lembra que, para julho e agosto, a expectativa é de deflação.

Mais Notícias

Mais Notícias