ACidadeON

Economia

Trump ameaça "taxar como nunca antes" se Harley-Davidson tirar produção dos EUA

EUA TRUMP AMEAÇA HARLEY-DAVIDSON

| Estadao Conteudo

O presidente dos EUA, Donald Trump, ameaçou "taxar como nunca antes" a Harley-Davidson e que montadora de motocicletas estava usando tensões comerciais crescentes como uma desculpa para justificar mudanças planejadas na produção no exterior.

"A Harley-Davidson nunca deve ser construída em outro país - nunca! Seus funcionários e clientes já estão muito zangados com eles. Se eles se mudarem, veja, será o começo do fim - eles se renderam, eles vão desistir! A Aura vai se vai e eles serão taxados como nunca antes!", escreveu Trump em sua conta no Twitter.

Mais cedo, Trump escreveu que a Harley-Davidson já havia anunciado no começo do ano que iria transferir significativa parte de suas operações de Kansas para a Tailândia, "bem antes" do anúncio de tarifas. "Desta forma, eles (a Harley-Davidson) só usaram as tarifas/guerra comercial como desculpa. (Isso) mostra como o comércio é desequilibrado e injusto, mas vamos consertar isso...", disse o presidente americano.

Ontem, Trump já havia dito ter ficado "surpreso" que, "de todas as companhias", a Harley-Davidson seria a primeira a "jogar a toalha".

A fabricante de motocicletas decidiu transferir para o exterior em até 18 meses a produção de unidades hoje vendidas à União Europeia. Na sexta-feira, a tarifa de importação cobrada por Bruxelas sobre as motos americanas saltou de 6% para 31%, um movimento destinado a retaliar as tarifas de Washington sobre a importação de aço e alumínio europeus.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários