ACidadeON

Economia

Vice-presidente do BCE diz que economia e inflação na região justificam ações

BCE ECONOMIA INFLAÇÃO AÇÕES

| Estadao Conteudo

O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Luis de Guindos, se mostrou confiante com a economia e a inflação na zona do euro, dizendo que a melhora justifica os próximos passos da instituição de reduzir as compras de ativos.

Em discurso realizado em Frankfurt, de Guindos disse que enquanto a atividade econômica da zona do euro registrou uma moderação no primeiro trimestre de 2018, após os elevados níveis de crescimento em 2017, "os fundamentos permanecem em vigor para um crescimento econômico sólido e de base ampla".

Segundo o vice-presidente do BCE, o crescimento econômico continua sendo apoiado pela força doméstica da economia. "Espera-se que o crescimento privado permaneça robusto graças às melhorias contínuas no mercado de trabalho", disse, acrescentando que espera-se que o crescimento nos Estados Unidos acelere com o investimento sólido e dados significativos e estímulo fiscal.

Por outro lado, de Guindos ressaltou os riscos para as perspectivas de crescimento, ainda que estejam equilibrados. Entre eles, o vice-presidente apontou a ameaça de aumento do protecionismo, aumento dos preços do petróleo e seu impacto na inflação e no crescimento global, bem como níveis muito altos de dívida global. Além disso, "o risco de persistência da elevada volatilidade do mercado financeiro exige monitoramento".

Na última reunião de política monetária, em 14 de junho, o BCE anunciou que reduzirá sua compra mensal de ativos líquidos de 30 bilhões de euros para 15 bilhões de euros no final de setembro de 2018 e encerrar as compras líquidas no final de dezembro de 2018. O vice-presidente da instituição reiterou a posição do banco de manter as taxas de juros nos níveis atuais até pelo menos o verão europeu de 2019.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários