ACidadeON

Economia

Faturamento da indústria de máquinas cai 3,1% em maio ante abril, diz Abimaq

Abimaq máquinas faturamento maio

| Estadao Conteudo

O faturamento líquido total da indústria de bens de capital somou R$ 5,798 bilhões em maio, o que representa uma queda de 3,1% ante abril. O dado é considerado um termômetro do nível de investimentos no Brasil e foi divulgado nesta terça-feira pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Na comparação com maio do ano passado, a queda foi de 6,2%.

No acumulado de 2018 até maio, o faturamento do setor chegou a R$ 27,9 bilhões, mostrando um crescimento de 2,4% em relação ao mesmo período do ano passado.

O consumo aparente do setor somou R$ 8,404 bilhões em maio, mostrando um crescimento de 3,4% ante abril e uma expansão de 15% em relação ao mesmo mês de 2017, segundo relatório da Abimaq.

De janeiro a maio, o consumo aparente totalizou R$ 37,452 bilhões, o que representa um crescimento de 5,9% em comparação ao mesmo período de 2017.

Déficit comercial

O saldo comercial do setor em maio revela um déficit de US$ 564 milhões, resultado entre um total de US$ 519 milhões em exportações e US$ 1,084 bilhão em importações. Com esses números, o déficit comercial da indústria de máquinas e equipamentos cresceu 27,4% na comparação com abril e 171,2% em relação a maio de 2017.

Emprego

Segundo a associação, o setor terminou o mês de maio com 294,6 mil funcionários, número 0,3% menor que a quantidade de abril deste ano e uma expansão de 1,1% em relação a maio de 2017.

Nuci

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) ficou em 75,37% em maio ante 72,76% em maio de 2017.

Veja também