Aguarde...

Economia

Consumidores podem transferir R$ 24,3 milhões em créditos da Nota Paulista

| FOLHAPRESS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os consumidores do estado de São Paulo que pedem para incluir o CPF na nota fiscal ao fazer compras já podem realizar a transferência dos créditos. Os valores liberados são referentes a compras feitas em janeiro.Ao todo, a Secretaria de Estado da Fazenda e Planejamento está disponibilizando R$ 24,3 milhões a quem faz parte do programa Nota Fiscal Paulista.Do total, R$ 12,2 milhões são destinados para pessoas físicas. Já as instituições filantrópicas terão direito de receber R$ 11,9 milhões. A grana deve ser utilizada em seus projetos. Para transferir os valores para a conta bancária, os contribuintes podem utilizar o aplicativo da Nota Paulista ou fazer a transferência pelo site fazenda.sp.gov.br. Na página inicial, à esquerda, basta clicar em "Nota Fiscal Paulista", em "Cidadão", do lado direito.O consumidor terá de informar o CPF e a senha. Caso não tenha cadastro, será necessário fazer um. O montante deve ser enviado para uma conta-corrente ou uma poupança em nome do próprio beneficiário. A grana será creditada na conta indicada em até 20 dias, segundo a Fazenda.Segundo o governo estadual, os créditos da Nota Fiscal Paulista permanecem à disposição dos consumidores por até cinco anos, a contar da data da liberação e podem ser utilizados a qualquer momento. O valor mínimo para transferência é de R$ 0,99.Em 2020 já foram liberados mais de R$ 133,8 milhões aos participantes cadastrados no programa.Além de resgatar o valor das compras em créditos, o consumidor que pede o CPF na nota pode participar dos sorteios mensais. Para isso, tem que fazer essa opção.