Para ONU, governos deveriam tarifar excesso de lucros de petroleiras Para ONU, governos deveriam tarifar excesso de lucros de petroleiras

Para ONU, governos deveriam tarifar excesso de lucros de petroleiras

Para ONU, governos deveriam tarifar excesso de lucros de petroleiras

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres, realizou nesta quarta-feira, 3, duras críticas ao que considera um lucro 'imoral' das empresas de petróleo e gás, em meio a uma crise de energia, com as populações mais pobres como mais afetadas e um 'custo climático massivo'. Em discurso, a autoridade argumentou que todos os governos pelo mundo deveriam impor tarifas sobre o excesso de lucros das petroleiras e outras companhias do setor, nesse contexto.

Guterres falou no lançamento de um relatório da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (Unctad, na sigla em inglês). O documento argumenta que grandes distúrbios no mercado global de energia minam a capacidade de governos e das pessoas de enfrentar esse quadro.

Para o secretário-geral da ONU, no contexto atual já são vistos sinais de distúrbios 'econômicos, sociais e políticos' que podem afetar todos os países. Ele disse ver uma 'tripla crise' global, com problemas na frente dos alimentos, da energia e do financiamento.

Com a energia como foco principal no evento desta quarta, Guterres argumentou pela necessidade de uma transição 'mais rápida possível' para energias renováveis.

Ele criticou o fato de que, neste momento, alguns países subsidiem combustíveis, enquanto outros reabrem minas de carvão, mais poluentes.

>

Para a autoridade, isso é 'difícil de justificar' e gera impactos negativos para outros países, pela via ambiental.

Mais Notícias

Mais Notícias