Aguarde...
Encitros
+

Encitros

JBT é líder em tecnologia para extração de suco cítrico e expande operações no Brasil

Mesmo com a pandemia COVID-19, a JBT manteve um alto volume de ocupação da fábrica e entregou diversos projetos a clientes da América do Sul.

| ACidade ON

JBT Expande Operações no Brasil

A John Bean Technologies, empresa líder em tecnologia para processamento de alimentos, concluiu em maio deste ano as obras de ampliação de sua unidade fabril de Araraquara-SP. Foram construídos dois novos edifícios, sendo um barracão industrial de 1.000 m² destinado a montagem de equipamentos e um escritório de 800 m² com capacidade para 70 funcionários. A ampliação faz parte da estratégia global de crescimento da empresa e atuação em novos mercados.  

A JBT, antiga FMC, é líder em tecnologia para extração de suco cítrico, sendo detentora da maior base instalada de extratoras a nível global. Além da tecnologia de extração, a JBT também atua em diversos segmentos da indústria alimentícia, como processamento proteínas, congelamento, preservação e esterilização de alimentos, processamento de lácteos, embalagem e envase. Nos últimos 5 anos, a empresa expandiu seu portfólio de soluções com aquisições de novas marcas e tecnologias, com o objetivo de entregar soluções completas para seus clientes, desde a recepção de matéria prima até a embalagem final.  

Como resultado dessas aquisições, o volume e a variedade de equipamentos produzidos no Brasil aumentaram muito, o que levou a empresa a investir, ainda em 2019, na ampliação de sua estrutura. A nova área será destinada principalmente para a montagem de maquinário de grande porte, e o novo escritório já está preparado para uma expansão das equipes de engenharia, suporte ao cliente e departamento comercial.  

Mesmo com a pandemia COVID-19, a JBT manteve um alto volume de ocupação da fábrica e entregou diversos projetos a clientes da América do Sul. A expectativa é de que todos os projetos que foram colocados em espera pelos clientes em 2020 venham a se concretizar no próximo ano, fazendo a empresa retomar e até superar o ritmo de crescimento e contratações que teve nos últimos cinco anos e se consolidar como um dos maiores fabricantes de maquinário para indústria alimentícia do Brasil e do mundo.

Mais do ACidade ON