Fifa anuncia 'comitê de normalização' para intervir na federação de El Salvador Fifa anuncia 'comitê de normalização' para intervir na federação de El Salvador

Fifa anuncia 'comitê de normalização' para intervir na federação de El Salvador

Fifa anuncia 'comitê de normalização' para intervir na federação de El Salvador

A Fifa anunciou nesta terça-feira que vai formar um 'comitê de normalização' para intervir na federação de futebol de El Salvador, a FESFUT. A decisão foi tomada porque o Comitê Executivo inteiro e o secretário-geral da entidade salvadorenha foram suspensos pelo Comitê de Ética, Disciplina e Apelação pelo Instituto Nacional dos Esportes de El Salvador.

De acordo com a Fifa, o comitê de normalização vai gerir a FESFUT temporariamente. Entre suas tarefas está a gestão diária da entidade, a revisão dos seus estatutos e demais regulamentos, e a adequação da FESFUT às regras de compliance da Fifa e da Concacaf.

O comitê de intervenção deve também organizar e conduzir eleição para definir uma nova composição para o Comitê Executivo da FESFUT para um período de quatro anos. Outra medida será fazer uma auditoria completa das finanças da entidade para 'criar mecanismos e processos que garanta a prática de ações de governança'.

Os integrantes do novo comitê de gestão da FESFUT serão escolhidos pela própria administração da Fifa em parceria com a Concacaf, que deve aprovar os nomes a serem apontados. A intervenção não tem data exata para ser finalizada, segundo a Fifa. Vai depender, segundo a federação internacional, do tempo necessário para aplicar as medidas adequadas na entidade de El Salvador.

A crise na FESFUT começou com a investigação sobre o presidente Hugo Carrillo, acusado de lavagem de dinheiro, ao lado de outros membros da antiga gestão da entidade. O escândalo causou até a paralisação do campeonato local e uma greve dos árbitros e assistentes.

>

Com a intervenção da Fifa, a seleção de El Salvador corre o risco de ser suspensa dos próximos torneios continentais, como a Copa Ouro e a Liga das Nações da Concacaf.

Mais Notícias

Mais Notícias