JÁ É CADASTRADO?

Informe seu e-mail e senha para ter acesso a todo conteúdo do site:

ou
ainda não tem cadastro?

ACidadeON

Esportes

Em Campinas, Guarani vacila de novo na Série B e empata com o lanterna Boa

futebol Série B Guarani Boa

| Estadao Conteudo

O Guarani chegou ao quarto empate seguido na Série B do Campeonato Brasileiro ao ficar no 1 a 1 contra o lanterna Boa, nesta sexta-feira, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), pela 13.ª rodada. Com o resultado, o time campineiro permanece longe da briga pelo acesso com 17 pontos, na nona colocação. O Vila Nova, que abre o G4, já tem cinco pontos a mais.

O Boa somou o seu sétimo ponto e segue na 20.ª e última colocação, sete pontos abaixo do Sampaio Corrêa, primeiro time fora da zona do rebaixamento e que ainda joga neste domingo contra o Londrina, fora de casa, no encerramento da rodada.

A partida ainda marcou a despedida de Bruno Nazário. O jogador pertence ao Hoffenheim, da Alemanha, e não terá o seu empréstimo renovado com o Guarani, sendo encaminhado ao Atlético Paranaense. Ídolo da torcida, o meia se despediu e afirmou que pretende voltar para Campinas um dia, talvez para encerrar a carreira.

A primeira etapa foi de poucas chances de gol. O Guarani tinha mais posse de bola, mas não conseguia transformar essa superioridade em jogadas de perigo, errando muitos passes no último terço do campo. A melhor chance antes do intervalo foi em cabeçada de Alyson, do Boa, que quase encobriu o goleiro Georgemy, mas saiu pela linha de fundo. A resposta foi em lançamento de Bruno Nazário, em cobrança de falta que Denner, livre na segunda trave, não conseguiu aproveitar.

O time paulista voltou mais ligado na segunda etapa e pressionou até abrir o placar. Primeiro, aos 13 minutos, Matheus Oliveira arriscou de longe e carimbou a trave. No lance seguinte, Kevin deu belo passe para Rafael Longuine, que se esticou e, de carrinho, desviou para o fundo das redes.

Após o gol, o Boa cresceu e passou a ser mais presente no campo de ataque. De tanto insistir, o time visitante chegou ao empate aos 41 minutos. Bruno Tubarão cobrou falta da direita e Manoel desviou de cabeça. Georgemy, que fazia a sua estreia pelo Guarani, não conseguiu chegar e viu a bola morrer nas redes. Ainda tocou na bola, mas não impediu o empate.

O resultado gerou vaias e criticas dos mais de dois mil torcedores presentes ao estádio Brinco de Ouro, que saíram insatisfeitos com mais um empate em casa.

O Boa volta a campo na próxima quarta-feira, quando enfrenta o Atlético Goianiense, no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, pela 14.ª rodada da Série B. Na quinta, o Guarani visita o Oeste, na Arena Barueri, em Barueri (SP), em duelo paulista.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 1 x 1 BOA

GUARANI - Georgemy; Kevin, Philipe Maia, Edson Silva e Pará; Ricardinho, Denner (Poveda), Rafael Longuine e Bruno Nazário (Guilherme); Caíque (Matheus Oliveira) e Bruno Mendes. Técnico: Umberto Louzer.

BOA - Fabrício; Hélder Maurílio, Caíque, Luan e Elivélton; Djavan, Alyson (Kaio Cristian) e William Schuster; Daniel Cruz, Douglas Baggio (Bruno Tubarão) e Felipe Alves (Manoel). Técnico: Carlos César (interino).

GOLS - Rafael Longuine, aos 13, e Manoel, aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Georgemy, Kevin, Philipe Maia e Matheus Oliveira (Guarani); Caíque, Djavan, William Schuster e Douglas Baggio (Boa).

ÁRBITRO - Antônio Dib Moraes de Sousa (PI).

RENDA - R$ 26.801,00.

PÚBLICO - 2.248 pagantes.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Veja também