Aguarde...

ACidadeON

Esportes

Atual vice-campeão, Cilic vence japonês com facilidade na estreia em Wimbledon

tênis Wimbledon Marin Cilic

| Estadao Conteudo

Atual vice-campeão de Wimbledon, o croata Marin Cilic estreou com vitória fácil no Grand Slam inglês ao bater o japonês Yoshihito Nishioka por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/4 e 6/4, nesta segunda-feira, em Londres.

Hoje na quinta posição do ranking mundial, o tenista da Croácia precisou de 1h46min em quadra para confirmar o seu favoritismo diante do atual 256º colocado da ATP. Além de confirmar todos os seus saques, ele aproveitou quatro de 13 chances de quebrar o serviço do adversário para encaminhar o triunfo em sets diretos.

Com o triunfo, Cilic avançou para encarar na segunda rodada o vencedor da partida entre o argentino Guido Pella e o australiano Jason Kübler, também prevista para ser encerrada nesta segunda-feira na capital inglesa.

Derrotado pelo suíço Roger Federer na decisão do ano passado, o croata busca o seu segundo título nesta temporada e vem embalado pela conquista do Torneio de Queen's, ATP 500 inglês preparatório para Wimbledon e também realizado em Londres.

Outro tenista de destaque que confirmou favoritismo em jogo já encerrado nesta segunda foi o norte-americano Sam Querrey. Semifinalista em 2017 e 11º cabeça de chave desta edição do Grand Slam, ele superou o australiano Jordan Thompson por 6/2, 6/4 e 6/3.

Assim, o atual 13º colocado do ranking se classificou para encarar na segunda rodada o ucraniano Sergiy Stakhovsky, que abriu campanha derrotando o português João Sousa por 3 sets a 2, com parciais de 6/3, 6/3, 6/7, 1/6 e 6/4.

O francês Lucas Pouille também confirmou a sua condição de 17º cabeça de chave na estreia ao bater o norte-americano Denis Kudla por 3 sets a 1, com 6/3, 6/3, 2/6 e 6/3. O seu próximo rival será o austríaco Dennis Novak, que passou pelo canadense Peter Polansky por 6/2, 6/3 e 7/6 (9/7).

O alemão Philipp Kohlschreiber, 25º pré-classificado, também abriu bem sua campanha ao passar pelo russo Evgeny Donskoy por 6/2, 6/4 e 7/5. Já o sérvio Filip Krajinovic não justificou a condição de 28º cabeça de chave ao cair diante do chileno Nicolás Jarry por 3 a 1, com 6/3, 3/6, 7/6 (7/5) e 6/4.

Veja também