ACidadeON

Esportes

Em dia agitado na NBA, Tony Parker deixa o Spurs e vai para o Charlotte Hornets

basquete NBA Tony Parker San Antonio Spurs

| Estadao Conteudo

A sexta-feira foi bem agitada na NBA. No primeiro dia em que os jogadores podem assinar novos contratos, algumas negociações que já estavam apalavradas puderam ser concretizadas e outras estão bem próximas da assinatura. É o caso do veterano armador francês Tony Parker, que deixará o Santo Antonio Spurs depois de quase 20 anos e quatro títulos. Seu próximo time deverá ser o Charlotte Hornets.

O valor do novo contrato do jogador francês, a ser assinado nos próximos dias, deverá ser de aproximadamente US$ 10 milhões (cerca de R$ 39 milhões) por 2 anos. Além de quatro anéis de campeão, Tony Parker apareceu seis vezes no All-Star Game e participou dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, em 2016.

Quem já assinou um novo contrato, mas permaneceu onde está, é o ala Paul George. Nesta sexta-feira, o Oklahoma City Thunder anunciou oficialmente a assinatura do novo vínculo do jogador com a franquia. Um dos mais cobiçados desde que recusou a cláusula de renovação automática do próprio Thunder, fica por mais quatro anos ao lado do armador Russell Westbrook, em acerto de US$ 137 milhões.

Paul George era cotado para se transferir para o Los Angeles Lakers, onde iria fazer dupla com o astro LeBron James. Mas o ala resolveu ficar em Oklahoma City. "Paul George é o exemplo dos valores do Oklahoma no seu melhor sentido e estamos felizes que ele continue com nossa organização. Paul, sua família, são abertos e colaborativos. Focamos agora em construir o nosso futuro e criar nossa identidade com Paul", disse Sam Presti, diretor do Oklahoma City Thunder.

Na Califórnia, o Lakers ainda espera pela assinatura do contrato de LeBron James, que deverá acontecer somente no final deste mês - o astro curte férias com a família na Europa. O astro do basquete acertou um contrato por quatro temporadas, no valor de US$ 154 milhões (quase R$ 596 milhões). Mas nesta sexta-feira acertou oficialmente a contratação do armador Rajon Rondo, em um contrato de um ano no valor de US$ 9 milhões, e a renovação de Kentavious Caldwell-Pope, ala-armador que veio do Detroit Pistons na última temporada - assinou um contrato de US$ 12 milhões por um ano.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários