ACidadeON

Esportes

Maria Elisa/Carol Solberg conquista a prata em etapa portuguesa do vôlei de praia

vôlei de praia Circuito Mundial Brasil

| Estadao Conteudo

O Brasil terminou a chave feminina da etapa de Portugal do vôlei de praia com uma medalha de prata. Maria Elisa e Carol Solberg decidiram o título da competição contra as australianas Taliqua Clancy e Mariafe Artacho Del Solar. As brasileiras acabaram superadas por 2 sets a 0, com parciais de 21/23 e 17/21, e ficaram com o segundo lugar no torneio disputado na cidade de Espinho.

"A gente queria muito esse título. Foi uma etapa muito difícil, o vento incomodou durante todo o campeonato. Fizemos três jogos com tie-break e chegamos nessa final com muita vontade de vencer. Mas nem sempre as coisas acontecem como planejamos", disse Maria Elisa. "Tivemos a oportunidade de fechar o primeiro set e não conseguimos, o que poderia mudar a história da partida. Mas é assim mesmo, também é preciso valorizar o trabalho do adversário e reconhecer o valor desta prata. Estamos trabalhando muito duro e voltar ao pódio é muito importante", completou a brasileira.

Antes da decisão, Maria e Carol passaram na semifinal pelas polonesas Kolosinska/Kocionek. Com o segundo lugar em Espinho, a dupla recebeu 16 mil dólares e 720 pontos no ranking da temporada.

Outras quatro duplas brasileiras participaram da competição em Portugal. Bárbara Seixas/Fernanda Berti, Ana Patrícia/Rebecca, e Taian/Carol Horta chegaram até as oitavas de final, conquistando 400 pontos cada e uma premiação de quatro mil dólares. Josi/Lili não passaram da primeira fase e, por isso, não pontuaram.

BRASILEIROS NA SEMIFINAL - Na chave masculina, o Brasil já tem pelo menos uma medalha garantida, uma vez que Ricardo/Guto e Evandro/Vitor Felipe venceram os seus jogos das quartas de final e se enfrentarão na semifinal.

Nas quartas de final, Ricardo e Guto levaram a melhor sobre O'Gorman/Saxton, do Canadá, por 2 sets a 0, com parciais de 22/20 e 21/16. Com a vaga na semifinal assegurada, Guto elogiou a sintonia com o parceiro.

"A experiência de jogar com o Ricardo tem sido incrível. Ele passa uma tranquilidade dentro de quadra absurda, tenho aprendido muito. Hoje (sábado) tivemos jogos muito difíceis que vencemos com estratégia e muito em função da experiência do Ricardo. Queria dedicar esta classificação a ele. Amanhã (domingo) teremos uma dupla brasileira pela frente, ou seja, mais um grande desafio", afirmou.

Evandro e Vitor derrotaram a dupla do Catar formada por Cherif/Tijan por 2 sets a 0 para avançar à fase seguinte, ao contrário de Pedro Solberg/Bruno Schmidt, que ficaram pelo caminho ao perderem o jogo das oitavas de final para os canadenses O'Gorman/Saxton.

Veja também