Aguarde...

ACidadeON

Esportes

Rússia silencia 50 mil torcedores, bate a França e ergue taça da Liga das Nações

Liga das Nações Rússia França vôlei

| Estadao Conteudo

A Rússia ignorou o estádio lotado com 50 mil pessoas, atropelou a anfitriã França e garantiu neste domingo o título da Liga das Nações de vôlei masculino. Com uma atuação irrepreensível, a seleção russa venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 25/20 e 25/23, em Lille.

A partida aconteceu pelo segundo ano consecutivo em um estádio de futebol. No ano passado, a decisão foi realizada na Arena da Baixada, em Curitiba, e o anfitrião Brasil perdeu para a França por 3 sets a 2. Na ocasião, a torcida brasileira fez grande festa a começar por cantar o hino à capela antes do início da partida.

Os franceses também entoaram o hino do seu país a plenos pulmões neste domingo e, novamente, a voz das arquibancadas não intimidou o adversário. Os russos chegaram embalados após impressionante vitória sobre a seleção brasileira na semifinal por 25/17, 25/18 e 25/14. E iniciaram o duelo sem tomar conhecimento dos donos da casa.

Mais uma vez o russo Maxim Mikhaylov foi o nome do jogo. Contra o Brasil, ele já havia sido o principal destaque. Neste domingo, ele anotou 17 pontos e teve atuação crucial especialmente no terceiro set, quando a França esboçou reação. Dmitriy Muserskiy foi outro destaque, com 13 pontos.

Pelo lado francês, a principal estrela, Earvin Ngapeth, fez uma boa partida e terminou com 16 pontos. Kevin Le Roux anotou oito. Os dois tentaram incomodar os russos, mas não teve jeito.

A seleção visitante estava embalada e mais concentrada em quadra Foram 11 pontos de bloqueio, contra cinco do adversário. Também conseguiram seis aces, contra apenas três da França. O restante dos números foram equilibrados, como o número de erros: 18 do time francês contra 16 dos russos.

Esta foi a primeira edição do torneio com o nome Liga das Nações, uma versão ampliada da Liga Mundial. A Rússia já havia levantado a taça do antigo torneio por três vezes, a última delas em 2013. O Brasil, que venceu o evento pela última vez em 2010, é o maior vencedor da história, com nove títulos.

QUER CONTINUAR LENDO ESTE CONTEÚDO E MUITOS OUTROS? FAÇA SEU LOGIN OU CADASTRE-SE

Informe seu e-mail e senha cadastrados para ter acesso a todo conteúdo do site:

ainda não tem cadastro?
QUER LER ESSE CONTEÚDO? CADASTRE-SE

Informe seu Nome, E-mail e senha para se cadastrar no Acidade ON

Quero ser informado sobre promoções e ofertas do Acidade ON e seus parceiros
Aceito os Termos de Uso do Acidade ON

Veja também