Aguarde...

ACidadeON

Esportes

São Paulo e Grêmio empatam no Morumbi

| FOLHAPRESS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O São Paulo recebeu o Grêmio nesta quinta, no Morumbi, pelo Brasileirão, em duelo que poderia devolver o time paulista ao G-4 do Nacional. Mas, com um futebol apático apresentado pelos mandantes, os são-paulinos só empataram por 1 a 1, após saírem atrás no marcador. O placar não coloca os paulistas na quarta posição, mas deixa vivo o sonho do clube em terminar a competição entre os quatro primeiros colocados, que dará uma vaga direta na fase de grupos do torneio continental. Os comandados de Renato Gaúcho chegam a 59 pontos, mesmo número do São Paulo, mas ficam à frente graças aos critérios de desempate: venceram uma partida a mais no Nacional (16 a 15). A partida também marcou o primeiro jogo do técnico interino do São Paulo, André Jardine, à frente do clube. Com Nenê e Everton de volta ao time titular, o São Paulo iniciou procurando tomar a iniciativa do duelo. Logo com 1min, o garoto Helinho, titular pela primeira vez, assustou em um arremate da entrada da área. Aos poucos, contudo, o Grêmio passou a tentar controlar mais a posse de bola e fazer deixar o tempo passar. Paulo Miranda, lesionado, ainda deu lugar ao volante Matheus Henrique. Michel acabou improvisado na zaga. O jogo ficou mais equilibrado, com muita disputa no meio-campo e pouca criatividade dos armadores. No final, aos 46min, Everton bateu cruzado e obrigou Jean a fazer boa defesa. No segundo tempo, o Grêmio voltou mais ligado e logo aos 11min, abriu o placar com um gol de Everton. Jardine, então, mexeu no time. Sacou Helinho e pôs Antony. Depois, tirou Nenê para entrada de Shaylon. O time ganhou novo fôlego e chegou à igualdade aos 28min, com gol contra de Michel, após cruzamento realizado por Everton. Precisando vencer para tentar voltar ao G-4, Jardine ainda arriscou mais e sacou Hudson para a entrada de Liziero para dar maior movimentação no meio-campo. Na prática, contudo, os são-paulinos tiveram a bola mas pouco puderam fazer diante de uma equipe gremista muito bem postada. Pela fraca produção dos times, o resultado foi justo. SÃO PAULO Jean; Bruno Peres, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Hudson (Liziero) e Nenê (Shaylon); Helinho (Antony), Tréllez e Everton. T.: André Jardine GRÊMIO Paulo Victor; Madson, Geromel, Paulo Miranda (Matheus Henrique) e Cortez; Maicon (Cícero), Michel, Ramiro, Jean Pyerre (Alisson) e Everton; Jael. T.: Renato Gaúcho Gols: Everton (G), aos 11min, e Michel (G-contra), aos 29min do 2º tempo Cartões amarelos: Nenê (São Paulo); Everton e Jael (Grêmio) Estádio: Morumbi, em São Paulo Público: 24.757 Renda: R$ 759.161,00 Juiz: Pericles Bassols Pegado Cortez (PE)

Veja também