Aguarde...

ACidadeON

Esportes

Flu vence Cabofriense em jogo com gol de voleio do colombiano Yony González

| FOLHAPRESS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Fluminense não teve dificuldades para fazer o dever de casa e vencer a Cabofriense por 2 a 1, neste domingo (10), no Maracanã. O destaque do triunfo foi o belo gol de voleio do colombiano Yoni González ainda no primeiro tempo. Luciano completou o placar na etapa final, enquanto Abner diminuiu já aos 45 minutos. O resultado colocou o Tricolor na liderança do grupo B da Taça Rio, com sete pontos. O time de Cabo Frio, por sua vez, está na vice-liderança do grupo C e soma seis pontos.Na próxima quinta-feira, o Fluminense enfrenta o Boavista, às 20h, em Bacaxá - jogo antecipado da 5ª rodada do returno. No domingo, o Tricolor tem o clássico contra o Botafogo, às 19h, no Maracanã. Já a Cabofriense recebe o Vasco no mesmo dia, às 16h, mas vendeu o mando de campo para Cariacica com o objetivo de lucrar com a grande torcida cruzmaltina no Espírito Santo.Como esperado, o Fluminense não teve dificuldades para mandar no jogo. Com a posse de bola, o Tricolor criou jogadas em toques rápidos e também usou os espaços dados pela Cabofriense nos lados do campo. Nem sequer o forte calor no Maracanã impediu que o time de Fernando Diniz abrisse o placar logo depois da parada técnica.Foi aos 24min que o colombiano acertou um voleio plástico para colocar o Tricolor em vantagem. A bola foi levantada na área e Allan escorou de cabeça para o atacante acertar o belo giro de primeira.Aos 29min, o atacante quase ampliou, sendo que o Fluminense já havia construído outra boa oportunidade com Gilberto e Luciano. O colombiano bateu firme, a bola desviou na marcação e acertou a trave da Cabofriense.Um tranquilo Fluminense relaxou e foi o suficiente para colocar em risco o placar. Entre os 30min e 32min, a Cabofriense chegou três vezes com um contra-ataque que desviou na zaga. Uma cobrança de escanteio que o goleiro Rodolfo evitou o gol e um chute de Abuda mais uma vez neutralizado pelo arqueiro tricolor.A Cabofriense voltou no segundo tempo tentando usar a pressão para empatar o jogo. Não foi possível. A pressão terminou quando Luciano resolveu a partida. Aos 19min, ele aproveitou passe de Ganso para bater cruzado no canto direito de George. Com a situação liquidada, o Tricolor teve tranquilidade para tocar bola. Aos 45min, a Cabofriense ainda diminuiu o placar com um belo gol de Abner. No entanto, não deu tempo para mais nada.Em mais um jogo desde que foi contratado pelo Fluminense, o meia Paulo Henrique Ganso teve boa atuação. Foi dele o passe para o segundo gol do Tricolor. O camisa 10 também conseguiu algumas jogadas de efeito e agradou aos torcedores. Aos poucos, ele entra em forma para os principais compromissos da temporada.FLUMINENSERodolfo; Gilberto, Digão (Léo Santos), Matheus Ferraz e Caio Henrique; Airton, Allan, Dodi (Marcos Calazans) e Paulo Henrique Ganso; Luciano e Yony González (Marcos Paulo)T. Fernando Diniz.CABOFRIENSEGeorge; Watson, Brunno Lima, Igor e Marlon (Abner); Gama, Abuda, Anderson Rosa (Kaká Mendes) e Rafael Pernão; Marcus Vinícius (Manoel) e RinconT.: Valdir BigodeAuxiliares: Michael Correia e Diogo Carvalho SilvaPúblico/Renda: 8.207 pagantes e 8.772 presentes/R$ 208.756,00Cartões amarelos: Caio Henrique, Matheus Ferraz (Fluminense); Brunno Lima, George (Cabofriense)Gols: Yony González (FLU), aos 24min do primeiro tempo; Luciano (FLU), aos 19min do segundo tempo; Abner (Cabofriense), aos 45min do segundo tempo.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários