Aguarde...

ACidadeON

Esportes

Sampaoli se emociona com goleada e diz que os jogadores 'não renunciaram ao ataque por nada'

Santos goleou o Botafogo, no último domingo (3), pelo placar de 4 a 1; time volta a campo na quarta (6)

| FOLHAPRESS

Técnico Jorge Sampaoli, do Santos. (Foto: Ivan Storti | Santos FC)
 

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O técnico Jorge Sampaoli aprovou com louvor a atuação do Santos na vitória por 4 a 1 sobre o Botafogo na noite deste domingo (3). O argentino que tem por filosofia o futebol ofensivo afirmou que jogos como o de hoje "emocionam". 

O Santos abriu 2 a 0 nos primeiros minutos de jogo, depois sofreu o gol em uma bola parada e demorou um pouco para se reencontrar. No segundo tempo, com grande atuação de Marinho e Soteldo, ampliou a vantagem e poderia ter feito ainda mais gols.  

"Não conhecia o torneio, tratei de aprender. Estou muito feliz pelo que a equipe fez em 11 meses. Não só pelos pontos, mas pela campanha com jogadores novos, jovens. Fomos primeiro, segundo ou terceiro ano. Por partidas como a de hoje, que emocionam. Equipe poderia ter feito cinco ou seis. Foi muito superior ao rival, não renunciaram ao ataque por nada. Tomara que isso fique marcado com o tempo. Essa equipe representa bem o Santos e a eles mesmos em campo e também a cidade. Esse tipo de jogo é o que nos entusiasma", afirmou em entrevista coletiva. 

O técnico santista ainda elogiou a partida de Carlos Sánchez e explicou a importância de ter o uruguaio ao lado de Evandro no meio-campo, apesar de reconhecer que o camisa 25 não fez um bom jogo. 

"Jogar com Sánchez e Evandro é jogar com os que constroem no ano, a bola chega, não voltam para buscar. Sánchez fez grande partida, posicionalmente gerou desconforto para João Pedro. Evandro teve complicação, não fez o que esperávamos, mas nos dá a clareza que necessitamos. Custa um pouco a marcação no defensivo, mas controlamos o jogo, nos dão muito ataque e compromisso com a equipe. São fantásticos e importante que estejam juntos e se complementem, que sejam sócios do ataque do Santos", explicou. 

O Santos volta a campo nesta quarta-feira, às 21h, quando visita o Avaí, em Santa Catarina, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Peixe é o terceiro colocado do torneio com 58 pontos, oito a mais do que o Grêmio, quinto colocado. O objetivo é ficar no G-4 e garantir vaga direta para a Libertadores de 2020.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Mais do ACidade ON