Publicidade

esportes

Brusque vence o Operário e sela a permanência na Série B do Brasileiro

Brusque vence o Operário e sela a permanência na Série B do Brasileiro

| Estadao Conteudo -

Um dia depois de ter recuperado três pontos no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Brusque fez a lição de casa, somou mais três pontos, desta vez dentro de campo, e selou sua permanência na Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira à noite, o time catarinense venceu o Operário por 2 a 0, no estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC), pela 37ª rodada.

Faltando apenas uma rodada para terminar a Série B, o Brusque, com 47 pontos, na 10ª colocação, pode até ser alcançado pelo Londrina, primeiro time na zona de rebaixamento, mas no quesito desempate (número de vitórias) leva vantagem, com 13 vitórias contra dez.

O Operário-PR conheceu sua segunda derrota consecutiva e permanece com 45 pontos, ainda ameaçado pelo rebaixamento.

Na última rodada, dia 28, o Brusque visita o Goiás, em Goiânia, enquanto o Operário recebe o CRB em Ponta Grossa-PR. Todos os jogos da 38ª rodada serão às 16h.

O Brusque impôs um bom ritmo e pressionou o Operário desde o começo da partida. Agressivo, o time catarinense não demorou para abrir o marcador. Aos nove minutos, Thiago Alagoano lançou de primeira Airton pela esquerda. Ele avançou e bateu cruzado no ângulo de Thiago Braga.

O gol não fez o Brusque baixar guarda na partida e o time catarinense continuou atacando o Operário, principalmente pelas laterais. O time paranaense errava muito na saída de bola e, com isso, ficava acuado em seu campo e não chegava ao ataque.

O Brusque diminuiu o ritmo na metade do primeiro tempo, mas o Operário, infrutífero no setor de criação, não soube aproveitar.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, o Brusque quase ampliou. Airton entrou pela esquerda, cruzou para trás para Garcez bater e acertar a trave. Assim como aconteceu no começo do primeiro tempo, o time catarinense pressionou o Operário no início do segundo tempo.

Aos oito, após cobrança de escanteio, Fillipe Soutto dominou e bateu no gol para a boa defesa de Thiago Braga. O goleiro do Operário apareceu novamente aos 18, quando evitou o segundo gol, em chute do atacante Edu após passe de Zé Matheus. Aos 21, em rápido contra-ataque, Foguinho invadiu a área e parou no camisa 1.

Aos 24, porém, o time catarinense ampliou. Edu fez boa jogada pela direita, cruzou na medida para Garcez finalizar para o gol. No contra-ataque, o Brusque continuou chegando com perigo, mas Thiago Braga evitou um placar mais elástico em Brusque (SC).

FICHA TÉCNICA

BRUSQUE 2 X 0 OPERÁRIO

BRUSQUE - Ruan Carneiro; Toty, Ianson, Éverton Alemão e Airton (Edilson); Rodolfo Potiguar (Bruno Alves), Zé Mateus (Evandro) e Fillipe Souto; Thiago Alagoano (Foguinho), Garcez (Jhon Cley) e Edu. Técnico: Waguinho Dias

OPERÁRIO - Thiago Braga; Lucas Mendes (Rafael Oller), Fábio Alemão (Schumacher), Odivan e Fabiano; Reniê, Guedes e Rafael Chorão; Thomaz (Alex Silva), Paulo Sérgio (Rodrigo Pimpão) e Felipe Garcia (Alan). Técnico: Ricardo Catalá.

GOLS - Airton aos 9 minutos do primeiro tempo e Garcez aos 24 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Felipe Fernandes de Lima (MG).

CARTÕES AMARELOS - Fillipe Souto e Éverton Alemão, Fabiano, Thomaz e Guedes.

LOCAL - Augusto Bauer, em Santa Catarina.

Mais notícias


Publicidade