Publicidade

esportes

Atlético-MG desafia Juventude para se aproximar do título do Brasileirão

Atlético-MG desafia Juventude para se aproximar do título do Brasileirão

| Estadao Conteudo -

Com mais de 98% de probabilidade de quebrar um jejum de 50 anos sem ser campeão brasileiro, o Atlético tem a chance de encaminhar o título neste sábado no duelo contra o Juventude, às 19h, no Mineirão, pela 34ª rodada. Para isso, contará novamente com a presença de mais de 50 mil torcedores, que esgotaram os ingressos no meio da semana.

Apesar do título cada vez mais próximo, jogadores e torcedores ainda não entraram no clima de 'já ganhou'. O discurso do técnico Cuca e dos jogadores é de pés no chão até que a conquista seja definida matematicamente. No entanto, uma possível vitória contra o Juventude pode levar a torcida, pela primeira vez, a gritar 'é campeão'.

O momento é propício: o Atlético vem de três triunfos consecutivos e ocupa a liderança do Brasileirão com 71 pontos, oito a mais do que o Flamengo, segundo colocado. O Palmeiras ficou para trás, com 58. Além disso, o time mineiro é o melhor mandante. Em 16 jogos atuando em casa, foram 14 vitórias, um empate e apenas uma derrota, diante do Fortaleza, por 2 a 1.

Para o duelo, o técnico Cuca deverá ter força máxima. Há, no entanto, pequenas dúvidas por lesão. Júnior Alonso voltou da seleção paraguaia com dores no joelho, após uma pancada no duelo contra a Colômbia, mas uma lesão foi descartada. Se preservado, dará lugar a Réver.

Quem também será melhor avaliado é o meia Nacho Fernández. Ele tem desfalcado o clube por suspensão e por um desconforto muscular. Treinou em separado do grupo, mas pode vir a ser opção, diferente de Guilherme Arana, que ficou de fora do duelo contra o Athletico por acúmulo de cartões. O lateral está confirmado entre os titulares.

Além disso, os selecionáveis estão de volta, casos de Alan Franco, Savarino e Vargas, todos devem ficar entre os suplentes. Outra novidade poderá ser o retorno de Mariano na vaga de Guga.

"A preferência é ganhar os jogos primeiro. Acho que, para falar em título, tem que ganhar os jogos. Primeiro tem o Juventude, temos que respeitar a equipe do Juventude e fazer um grande jogo. Sem vitória, não adianta nada", disse Arana.

BOA FASE - Invicto há cinco jogos, o Juventude vem de três vitórias seguidas, sendo duas delas sobre times que brigam por vaga na Libertadores (Fluminense e Internacional) - a outra foi diante da já rebaixada Chapecoense.

A sequência positiva tirou o Juventude da zona de rebaixamento e o colocou na 15ª colocação, com 39 pontos, três a mais que o Bahia, 17º colocado.

Diante do líder Atlético-MG, porém, Jair Ventura não vai poder contar com dois importantes jogadores. O zagueiro Vitor Mendes e o Guilherme Castilho pertencem ao Galo e ficam de fora por questões contratuais.

O colombiano Quintero entra no lugar de Vitor Mendes e Chico terá a difícil missão de substituir Guilherme Castilho, autor de quatro gols e quatro assistências nesse Brasileirão.

As mudanças não param por aí. O lateral-direito Michel Macedo e o atacante Sorriso voltam a ficar à disposição depois de cumprirem suspensão automática e entram nos lugares de Paulo Henrique e Capixaba, respectivamente.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG X JUVENTUDE

ATLÉTICO-MG - Everson; Mariano (Guga), Nathan Silva, Réver (Junior Alonso) e Guilherme Arana; Allan, Jair e Zaracho; Hulk, Diego Costa (Nacho) e Keno. Técnico: Cuca.

JUVENTUDE - Douglas; Michel Macedo, Quintero, Rafael Forster e William Matheus; Dawhan, Jadson, Chico e Wescley; Sorriso e Ricardo Bueno. Técnico: Jair Ventura.

ÁRBITRO - Luiz Flavio de Oliveira (SP).

DATA - 20/11.

HORÁRIO - 19h.

LOCAL - Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Mais notícias


Publicidade