Publicidade

esportes

Atlético-GO recebe Ceará sonhando em eliminar o fantasma do rebaixamento

Atlético-GO recebe Ceará sonhando em eliminar o fantasma do rebaixamento

| Estadao Conteudo -

Após quatro tropeços consecutivos no Campeonato Brasileiro e a aproximação da zona de rebaixamento, o Atlético Goianiense trata com uma decisão o confronto diante do Ceará, neste sábado, às 21h, no estádio Antônio Accioly, pela 34ª rodada.

Com 39 pontos, o Atlético tem apenas três de vantagem para o Bahia, o primeiro na zona de rebaixamento. O sinal de alerta ligou para uma equipe que até pouco tempo sonhava com uma vaga nos torneios continentais.

O Ceará, por outro lado, vive um grande momento. O time alvinegro goleou o arquirrival Fortaleza por 4 a 0 e subiu para a décima posição, com 45 pontos. Com isso, começa a sonhar novamente com um lugar na Libertadores de 2022.

Em situação delicada no Brasileirão, o Atlético-GO trata a partida como uma decisão. O técnico Marcelo Cabo terá o retorno do atacante André Luís, que cumpriu suspensão diante do América Mineiro. Por outro lado, o zagueiro Wanderson também voltaria, mas acabou sendo vetado por causa de uma lesão muscular na coxa.

O treinador deverá sacar Ronald na equipe titular para o retorno de André Luis. Montenegro e Zé Roberto brigam pela posição ao lado do atacante. Na defesa, Pedro Henrique e Éder treinaram novamente entre os titulares.

"Vamos ter que entender a força do elenco, que é enxuto. Vamos jogar quatro partidas em nove dias. Naturalmente vamos ter que rodar o grupo, ou por cartão ou por fadiga. A gente começa a ter que potencializar o elenco porque vai ser muito mais importante do que a individualidade nesses últimos jogos", disse Cabo.

Do lado do Ceará, o técnico Tiago Nunes terá inúmeros desfalques. Após sofrer uma pancada no joelho no clássico, o zagueiro Luiz Otávio sequer viajou com o elenco. Já o goleiro João Ricardo, o volante Fabinho e o atacante Mendoza estão suspensos. Já Erick foi vetado pelo departamento médico.

Com isso, Gabriel Lacerda treinou ao lado de Messias no sistema defensivo, enquanto Richard reassumiu o posto de camisa 1. Marlon foi confirmado pelo treinador no meio de campo, assim como Rick. Jael seguirá sendo o homem mais ofensivo do time alvinegro.

"Precisamos atingir nosso primeiro objetivo para pensar em uma competição internacional, que é a Sul-Americana, e se tivermos competência para brigar por mais, é na reta final que vamos saber", disse Tiago Nunes.

Mais notícias


Publicidade