Publicidade

esportes

Grêmio enfrenta a Chapecoense para confirmar reação na luta contra a degola

Grêmio enfrenta a Chapecoense para confirmar reação na luta contra a degola

| Estadao Conteudo -

Na luta desesperada contra o rebaixamento para a Série B, o Grêmio não pode pensar em outro resultado que não seja a vitória neste sábado, diante da Chapecoense, às 19 horas, na Arena Condá, pela 34ª rodada do Brasileirão.

A goleada sobre os reservas do Red Bull Bragantino, por 3 a 0, deu uma injeção de ânimo no Grêmio, apesar dos resultados da 33ª rodada não ajudarem. O time segue na penúltima colocação, com 32 pontos.

O Grêmio quer a vitória justamente para não ter o mesmo destino da Chapecoense, que já está rebaixada matematicamente e vem apenas cumprindo tabela. Com 15 pontos, os catarinenses estão afundados na lanterna.

Diante da possibilidade de ter tricolores infiltrados nas arquibancadas, já que a torcida do Grêmio está proibida de ir aos jogos por conta da confusão diante do Palmeiras, a Chapecoense suspendeu as vendas de ingressos e apenas os sócios poderão assistir à partida.

Apenas cumprindo tabela, a Chapecoense tem como objetivo nesta reta final evitar a pior campanha do Brasileirão desde a implementação dos pontos corridos. Para isso, o time precisa conquistar três pontos nas últimas cinco rodadas, deixando para trás o América-RN, que em 2007 somou 17.

"Não queremos a pior campanha. Ainda temos mais cinco jogos para não ficar nessa posição incômoda e desconfortável para todos nós. Pode ter certeza que iremos nos doar, nos entregar, para buscar a pontuação que nos tira dessa situação", disse o técnico interino Felipe Endres.

Para este jogo, o treinador não tem o zagueiro Jordan, suspenso, e o meia Denner, lesionado. Eles devem ser substituídos por Ignácio e Lima, respectivamente. No mais, o time será o mesmo que perdeu para o Santos, por 2 a 0, na Vila Belmiro.

O Grêmio encerrou a preparação para o jogo na manhã desta sexta-feira e depois embarcou para Chapecó em um voo fretado. Na bagagem, o técnico Vagner Mancini carregou algumas dúvidas em relação ao time que ganhou do Red Bull Bragantino.

O goleiro Chapecó, o volante Vilassanti e o atacante Borja voltam a ficar à disposição do treinador. Todos eles, inclusive, podem figurar entre os titulares contra a Chapecoense. Brenno, Thiago Santos e Diego Souza perderiam espaço.

Na lista de relacionados, surpreendeu a ausência do meia Jean Pyerre, que teria ficado de fora por opção do próprio treinador, assim como o atacante Elias.

Mais notícias


Publicidade