Publicidade

esportes

Na pole, Hamilton exalta trabalho da Mercedes; Verstappen lamenta falta de ritmo

Na pole, Hamilton exalta trabalho da Mercedes; Verstappen lamenta falta de ritmo

| Estadao Conteudo -

Lewis Hamilton não escondeu a felicidade no rosto ao conquistar a pole position no Catar, neste sábado, a sua 102ª na carreira. O britânico não ficava no primeiro lugar do grid há três meses e comemorou muito, ainda mais pela corrida dominante em cima do seu rival na disputa pelo título mundial, Max Verstappen.

"Fizemos um bom trabalho este fim de semana inteiro e é bom estarmos de volta à frente agora. E espero que possamos começar lá e que não vai ser como no fim de semana passado, porque começar atrás não é muito divertido", disse Hamilton ao canal de TV 'Sky Sport'.

Hamilton fez uma volta espetacular no Q3, cravando 1m20s827 em sua melhor volta, 0s4 segundos mais rápido do que o holandês. Valterri Bottas largará na terceira colocação, muito acima de o companheiro de Verstappen, Sérgio Pérez, que ficou em 11º.

"Aquela última volta foi linda. Foi uma volta muito doce. Esta pista é incrível de se pilotar. Uau, me senti bem!", festejou o britânico.

Se Hamilton estava feliz da vida, o mesmo não podia dizer de Verstappen. Sereno, o holandês criticou a falta de ritmo e citou o desempenho ruim de seu companheiro de equipe para explicar a dificuldade que a Red Bull encontrou no Catar.

"Acho que só falta um pouco de ritmo, acho que foi um pouco mais complicado para nós. O Checo nem chegou ao Q3, então isso mostra que estamos lutando um pouco mais do que o normal", concluiu.

O Grande Prêmio do Catar acontecerá neste domingo, às 11h (horário de Brasília). Verstappen lidera o campeonato mundial com 332.5 pontos. A briga é justamente com Hamilton, com 318.5.

Mais notícias


Publicidade