Publicidade

esportes

Ponte garante permanência na Série B e rebaixa Confiança; Neto Berola agride juiz

Ponte garante permanência na Série B e rebaixa Confiança; Neto Berola agride juiz

| Estadao Conteudo -

A Ponte Preta espantou de vez o fantasma da Série C e, de quebra, rebaixou o Confiança com a vitória neste sábado, por 1 a 0, na Arena Batistão, em Aracaju (SE), pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O lance lamentável foi a agressão de Neto Berola, que chutou o árbitro, após ser expulso.

O resultado fez a Ponte chegar aos 46 pontos e, na 16ª colocação, abrir cinco de vantagem para o Londrina, que abre a zona de rebaixamento. Por outro lado, o Confiança segue em penúltimo lugar, com 36, sem chances matemáticas de escapar da queda.

Na última rodada, marcada para o próximo domingo, às 16 horas, os dois times apenas cumprem tabela. A Ponte recebe o vice-líder Coritiba, no Moisés Lucarelli, e o Confiança enfrenta o desesperado Remo, no Baenão.

O primeiro tempo mostrou porque Confiança e Ponte Preta estão lutando desesperadamente contra o rebaixamento. Foram muitos passes errados e quase nenhum lance de perigo. Os donos da casa fizeram Ivan trabalhar em falta cobrada por Álvaro. Já os visitantes assustaram com Yago Henrique e Rodrigão, em chutes por cima.

Precisando da vitória para manter vivo o sonho de escapar do rebaixamento, o Confiança voltou do intervalo pressionando a Ponte Preta e acertou a trave de Ivan logo aos dois minutos em chute de Caíque Sá. O time paulista se defendia e aos poucos foi encontrando espaços.

Até que, aos 28 minutos, Rodrigão foi desarmado e a bola sobrou para Moisés, que driblou Rafael Santos e fez o gol da permanência. O desespero bateu no Confiança, que viu Neto Berola ser expulso, ao agredir o árbitro com um chute. Sem forças, o time sergipano não conseguiu buscar sequer o empate.

FICHA TÉCNICA

CONFIANÇA 0 X 1 PONTE PRETA

CONFIANÇA - Rafael Santos; Caíque Sá (Rafael Vila), Nirley, Adalberto e Lucas Sampaio; Vinícius Barba (Tiago Reis), Álvaro e Adriano (Marcelinho); Willians Santana (Robinho), Ítalo (Neto Berola) e Hernane Brocador. Técnico: Luizinho Lopes.

PONTE PRETA - Ivan; Kevin (Felipe Albuquerque), Thiago Lopes, Ednei e Marcelo Hermes; Yago Henrique (Gustavo Cipriano), Léo Naldi (André Luiz), Marcos Júnior (Matheus Anjos) e Fessin (Iago); Moisés e Rodrigão. Técnico: Gilson Kleina.

GOLS - Moisés, aos 28 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (GO).

CARTÕES AMARELOS - Caíque Sá, Neto Berola, Marcos Júnior, Yago Henrique e Léo Naldi.

CARTÃO VERMELHO - Neto Berola.

LOCAL - Arena Batistão, em Aracaju (SE).

Mais notícias


Publicidade