Publicidade

esportes

Em situações opostas, Bahia e Cuiabá se enfrentam em duelo contra o rebaixamento

Em situações opostas, Bahia e Cuiabá se enfrentam em duelo contra o rebaixamento

| Estadao Conteudo -

No duelo que irá fechar as disputas de domingo da 34ª rodada do Brasileirão, Bahia e Cuiabá fazem um duelo direto contra o rebaixamento, apesar de estarem em situações opostas. As duas equipes se encontram na Arena Fonte Nova, em Salvador, às 19h, onde o time visitante precisa de uma vitória para garantir a permanência e os donos da casa precisam pontuar para seguir respirando.

Vindo de uma vitória em cima do Inter por 1 a 0, o Cuiabá aparece na 12ª colocação com 42 pontos, inclusive dentro da zona de classificação para Sul-Americana de 2022. Porém, seu foco nesta rodada é chegar ao 'número mágico de 45 pontos', que segundo os estatísticos é suficiente para manter os clubes na divisão.

Do outro lado, o Bahia não vive uma situação nada boa. Vindo de duas derrotas seguidas, o time baiano está na 17ª colocação com 36 pontos. O Atlético-GO, primeiro time fora da zona de rebaixamento, tem 39, ou seja, está três pontos na frente.

Com três desfalques certos, o técnico Guto Ferreira terá que quebrar a cabeça para armar o time titular do Bahia, afinal o elenco fará um único treino de preparação que acontece neste sábado, às 14h30, no CT Evaristo Piza. O grupo desembarcou em Salvador no começo da manhã desta sexta-feira, após a derrota para o Sport e foi liberado para um dia de folga.

Para o duelo, o comandante não poderá contar com o atacante Gilberto, que levou o terceiro cartão amarelo contra o Sport e agora cumpre suspensão automática. Além dele, os volantes Jonas e Ranieri também estão de fora. O primeiro está com uma lesão na coxa e o segundo está afastado por covid-19.

Por outro lado, o lateral-esquerdo Matheus Bahia e o atacante Rossi ficam livres para jogar após cumprirem suspensão e inclusive devem voltar ao time titular.

Do outro lado, o técnico Jorginho Campos também tem problemas para armar o Cuiabá já que tem duas baixas. Isso porque, o atacante Clayson cumpre suspensão automática depois de levar o terceiro cartão amarelo - de qualquer forma, ele não poderia atuar por pertencer ao time rival.

Além dele, o volante Auremir segue de fora. Ele ainda se recupera de uma lesão no joelho, que já o tirou de combate nos últimos 20 dias. Com Yuri Lima no páreo, Camilo atuou muito bem no setor na última rodada contra o Internacional e tem tudo para começar jogando mais uma vez. Já no ataque, para o lugar de Clayson, Felipe Marques é o favorito.

Mais notícias


Publicidade