Publicidade

esportes

Avaí derrota o Náutico e fica perto de retornar à Série A do Brasileirão

Avaí derrota o Náutico e fica perto de retornar à Série A do Brasileirão

| Estadao Conteudo -

O Avaí vai chegar na última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B dependendo apenas de si para retornar à elite graças a vitória sobre o Náutico, por 2 a 1, nos Aflitos, no Recife (PE), na noite deste domingo, pela 37ª rodada.

O resultado positivo depois de três jogos coloca o Avaí na terceira colocação, com 61 pontos. O time vai chegar na última rodada dentro do G4, já que Goiás e Guarani fazem um confronto direto nesta segunda-feira, em Campinas. Apenas cumprindo tabela, o Náutico está em oitavo lugar, com 52.

Na rodada final, o Avaí recebe o Sampaio Corrêa, no próximo domingo, às 16 horas, na Ressacada, em Florianópolis (SC). Já o Náutico se despede contra o Cruzeiro, na quinta-feira, às 20 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Principal interessado na partida, o Avaí começou em cima do Náutico e, depois de criar duas boas oportunidades, abriu o placar aos 12 minutos. Bruno Silva desarmou Matheus Jesus, pegou a defesa alvirrubra aberta e rolou para Getúlio, que finalizou no cantinho de Anderson.

O Avaí ainda teve uma chance de ampliar com o próprio Getúlio e depois recuou. Quase que o Náutico consegue o empate antes do intervalo. Matheus Jesus apareceu como elemento surpresa dentro da área e cabeceou para um milagre de Gledson.

A vitória parcial satisfazia o Avaí, que voltou do intervalo recuado. O Náutico passou a gostar do jogo e criou uma boa oportunidade com Murillo. Gledson mais uma vez salvou o time catarinense. Na sequência, Matheus Jesus desperdiçou uma chance incrível ao mandar por cima do gol após cruzamento de Vinicius.

No contra-ataque, o Avaí liquidou a fatura aos 39 minutos. Copete lançou Renato, que mostrou com categoria para bater por cima de Anderson. O jogo pegou fogo nos minutos finais. Iury foi expulso após agredir Marciel e, aos 45, Djavan acertou um chute de fora da área no cantinho de Glédson, diminuindo para o Náutico. Mas a reação foi tarde.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 1 X 2 AVAÍ

NÁUTICO - Anderson; Thássio, Rafael Ribeiro, Camutanga (Carlão) e Guilherme Nunes (Marciel); Matheus Trindade (Djavan), Matheus Jesus, Juninho Carpina (Murillo) e Jean Carlos; Álvaro (Tailson) e Vinícius. Técnico: Hélio dos Anjos.

AVAÍ - Glédson; Edilson (Iury), Fagner Alemão, Betão e João Lucas; Bruno Silva, Jean Cléber e Lourenço (Wesley Soares); Vinícius Leite (Renato), Getúlio (Romulo) e Copete. Técnico: Claudinei Oliveira.

GOLS - Getúlio, aos 12 minutos do primeiro tempo; Renato, aos 39, e Djavan, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Matheus Jesus, Matheus Trindade, Marciel e Jean Carlos (Náutico); Romulo (Avaí).

CARTÃO VERMELHO - Iury.

LOCAL - Estádio dos Aflitos, no Recife (PE).

Mais notícias


Publicidade