Publicidade

esportes

Pâmela Rosa e Breno Correia serão porta-bandeiras do Brasil no Pan Júnior de Cali

Pâmela Rosa e Breno Correia serão porta-bandeiras do Brasil no Pan Júnior de Cali

| Estadao Conteudo -

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou nesta terça-feira que a skatista Pâmela Rosa e o nadador Breno Correia serão os porta-bandeiras da delegação brasileira na cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos Júnior de Cali, na Colômbia. O evento está marcado para as 21 horas (de Brasília) desta quinta-feira, no estádio Olímpico Pascual Guerrero.

Pâmela é uma das maiores atletas do Brasil na atualidade. Sem conseguir brilhar na estreia do Skate na Olimpíada, em Tóquio, por causa de uma lesão, a jovem atleta se consagrou na semana passada ao faturar seu segundo título mundial, em Jacksonville, nos Estados Unidos. O primeiro veio em São Paulo, há dois anos.

"É um sonho realizado. Sempre assistia os Jogos Olímpicos na TV e poder representar o meu País, levar a nossa bandeira... é um orgulho enorme ser brasileira. É um orgulho para mim e para todos os atletas que vão poder representar o nosso País nestes Jogos", comentou a skatista de 22 anos, surpreendida pela escolha.

Correia, por sua vez, é uma das apostas da natação brasileira. Ele foi campeão mundial de piscina curta nos 4x200 metros livre em Hangzhou, na China, em 2018, e dono de cinco medalhas na "versão adulta" dos Jogos Pan-Americanos, em Lima-2019: ouro no 4x100m e 4x200m livre, prata nos 200m livre, 4x100m medley e 4x100m livre misto.

"Acabei de receber a notícia e foi uma alegria muito grande. Sempre tive o sonho de carregar a bandeira do meu País e agradeço ao COB por essa oportunidade", declarou o nadador de 22 anos - a competição em Cali reunirá atletas de 12 a 22 anos.

"Mantivemos o critério que adotamos em todas as edições que o Brasil participa, que é evitar colocar atletas que compitam no dia seguinte à cerimônia de abertura e escolher atletas com melhor currículo. E, dentre os atletas que já estarão em Cali, no feminino temos a Pâmela, que é uma atleta olímpica e bicampeã mundial de skate, título recém-conquistado. E o Breno no masculino, que, além de ser medalhista de ouro nos Jogos Sul-Americanos e Pan-americanos, também é um atleta olímpico de destaque. Tenho certeza que o Brasil estará bem representado", afirmou o vice-presidente do COB e Chefe de Missão em Cali, Marco La Porta.

Como aconteceu em Tóquio neste ano, a cerimônia de abertura em Cali contará com delegação reduzida. Novamente, a pandemia de covid-19 é o principal motivo. O Brasil terá apenas cinco representantes no desfile. Serão os dois porta-bandeiras, o próprio La Porta, e dois oficiais, sendo um representante do COB e outro das confederações esportivas.

Mais notícias


Publicidade