Publicidade

esportes

América-MG quer se reencontrar com a vitória no Independência diante do Avaí

América-MG quer se reencontrar com a vitória no Independência diante do Avaí

| Estadao Conteudo -

A última vitória do América-MG em casa aconteceu no dia 4 de junho, quando bateu o Cuiabá por 2 a 1. Desde então, o time mineiro realizou cinco jogos no estádio Independência com dois empates e três derrotas. Com saudade de vencer ao lado de sua torcida e pela necessidade de fugir da ameaça do rebaixamento, o time recebe o Avaí, neste domingo, às 18h, em Belo Horizonte (MG).

O América-MG perdeu seus dois últimos jogos como mandante para o Red Bull Bragantino (3 a 0) e para o líder Palmeiras (1 a 0). Mas na última rodada reagiu ao bater o Atlético-GO, por 1 a 0, em Goiânia, atingindo os 21 pontos. O Avaí soma o mesmo números pontos, mas com saldo de gols pior do que os mineiros (menos 10, contra menos 9), por isso está uma posição abaixo. Além disso, o time catarinense vem de duas derrotas consecutivas, para Ceará (1 a 0) e Flamengo (2 a 1). Já tem sete tropeços fora.

No América-MG, um desfalque é certo para o técnico Vagner Mancini: o lateral-esquerdo Marlon, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, está fora. No seu lugar, Danilo Avelar está confirmado. Martín Benítez, ex-Vasco, Grêmio e São Paulo, e que pertence ao Independiente-ARG, foi emprestado até o fim da temporada, devendo ficar como opção no banco de reservas.

No Avaí, o técnico Eduardo Barroca não poderá contar com o volante Bruno Silva, suspenso pelo terceiro amarelo. Lucas Ventura entra no seu lugar. A novidade será a possível estreia do atacante Paolo Guerrero. O peruano foi relacionado pela primeira vez e deve ficar como opção no banco de reservas. Guerrero está sem jogar desde outubro de 2021, quando participou das eliminatórias da Copa do Mundo pela seleção peruana. Mas o jogador chegou ao clube bem fisicamente.

Publicidade