Publicidade

esportes

Pressionado no Brasileiro, São Paulo mira ritmo avassalador na Sul-Americana

Pressionado no Brasileiro, São Paulo mira ritmo avassalador na Sul-Americana

| Estadao Conteudo -

Trabalho tático, jogadas ensaiadas e atenção especial para as bolas paradas. Assim começou a semana de treinos para o São Paulo que enfrenta o Ceará, no meio de semana, pela Copa sul-americana. Pressionado pela falta de vitórias nos últimos jogos no Campeonato Nacional, a equipe espera um enredo diferente nesta quarta, no Morumbi.

Como a pauta do meio de semana vai ser o torneio internacional, o treinador Rogério Ceni espera manter o aproveitamento da equipe na sul-americana.

Se no Brasileiro o São Paulo é o time que mais empatou (11 vezes), na Sul-Americana, o histórico é diferente. Na etapa de classificação, foram seis jogos com cinco vitórias e um aproveitamento de 88,9% no Grupo D.

Nas oitavas de final, o time não só se manteve 100%, como ainda marcou oito gols nas duas partidas com a Universidad Católica (ganhou de 4 a 2 no Chile e 4 a 1 na partida de volta, no Morumbi).

O empate apareceu apenas em uma oportunidade: um 0 a 0 contra o Everton, do Chile, pela quarta rodada da fase de grupos.

O desempenho recente, porém é preocupante. Pelo Campeonato Brasileiro, o último triunfo foi um 2 a 1 sobre o Atlético-GO, no dia 3 de julho. Depois disso, a equipe comandada por Rogério Ceni empatou com Atlético-MG, Fluminense, Internacional, e Goiás. Por fim, saiu derrotada no final de semana do confronto com o Athletico-PR.

Na atividade desta segunda, Luan, Alisson, Reinaldo e Patrick fizeram atividades no gramado e seguem o processo de transição após a liberação do departamento médico. Já Arboleda, André Anderson e Caio continuam entregues ao Reffis.

Publicidade