Palmeiras encontra Atlético-MG de novo atrás de mais recordes na Libertadores Palmeiras encontra Atlético-MG de novo atrás de mais recordes na Libertadores

Palmeiras encontra Atlético-MG de novo atrás de mais recordes na Libertadores

Palmeiras encontra Atlético-MG de novo atrás de mais recordes na Libertadores

Invicto nesta edição da Libertadores e sem perder como visitante no torneio há mais de três anos, o Palmeiras vislumbra alcançar mais recordes na competição em que busca o tetra. Para isso, terá de superar mais uma vez o Atlético Mineiro, rival que eliminou no ano passado para chegar à decisão. Paulistas e mineiros iniciam o confronto das quartas de final nesta quarta-feira, às 21h30, no Mineirão. Daqui a uma semana, se encontram no Allianz Parque para definir quem avança às semifinais.

O Palmeiras joga disposto a melhorar ainda mais seus impressionantes números na Libertadores. O time de Abel Ferreira é dono da melhor campanha da história da fase de grupos, com 100% de aproveitamento, e detém a maior série invicta como visitante no torneio: 19 partidas. No geral, são 16 jogos de invencibilidade no torneio continental, sendo nove vitórias seguidas.

>

O time de Abel Ferreira venceu todos os seus oito compromissos na atuação edição da Libertadores, marcou 33 gols e sofreu apenas três. Especialista em pouco tempo na competição, o técnico português, bicampeão, enfrenta Cuca pelo terceiro ano seguido e quer se manter invicto contra o comandante atleticano.

Abel levou a melhor na final da Libertadores de 2020, com Cuca no comando do Santos, e na semifinal do ano seguinte, quando o treinador estava à frente do Atlético-MG, ao empatar sem gols em casa e depois por 1 a 1 em Belo Horizonte - na ocasião ainda existia a regra do gol fora.

Cuca retornou recentemente ao time mineiro para substituir o argentino Turco Mohamed e busca se vingar do colega português, dono de duas taças continentais. 'Temos um propósito muito claro nesta competição e vamos exigir o máximo de nós para dar o melhor para depois termos o segundo jogo em nossa casa', limitou-se a dizer Abel.

'Será um jogo de Libertadores, contra um rival muito difícil e que já enfrentamos no ano passado na semifinal. Sabemos que é um estádio muito difícil também. Estamos nos preparando para fazer o nosso melhor e tentar trazer a vitória', reforçou Gustavo Gómez, estrangeiro com mais vitória pelo Palmeiras.

Maior artilheiro do time paulista na história da Libertadores, Rony continua fora depois de ser ausência contra São Paulo, Cuiabá, América-MG, Internacional e Ceará, ele voltou a treinar, mas ainda não está pronto para voltar. Com isso, o argentino 'Flaco' López segue no comando do ataque.

No Atlético, Cuca não poderá usar Guilherme Arana, com dores musculares. Dodô deve ser o escolhido para atuar na lateral esquerda. As outras baixas são Allan, que cumpre suspensão e Pavón, fora da lista de inscritos no torneio. Zaracho é dúvida.

>

Cuca reuniu todo o elenco para uma conversa depois da dura derrota para o Inter no Sul para recuperar a confiança perdida com resultados negativos e uma notória queda de desempenho nas últimas partidas.

'Na conversa, a gente falou de muitas coisas e uma delas foi na organização. Ser um time mais organizado, um time mais compacto', revelou o zagueiro Junior Alonso.

Mais Notícias

Mais Notícias