Presidente de time gaúcho nega venda de resultado após denúncia: 'Foi uma doação' Presidente de time gaúcho nega venda de resultado após denúncia: 'Foi uma doação'

Presidente de time gaúcho nega venda de resultado após denúncia: 'Foi uma doação'

Presidente de time gaúcho nega venda de resultado após denúncia: 'Foi uma doação'

Uma denúncia de manipulação de resultado em um jogo da terceira divisão do Campeonato Gaúcho rendeu muita polêmica na segunda-feira. Após o jogador Iago Padilha afirmar que integrantes do Farroupilha venderam o resultado do jogo diante do Bagé, em que perderam por 7 a 0, o presidente do clube, Fábio Costa, veio a público negar a afirmação do atleta com explicações confusas.

De acordo com o mandatário do clube, o que o jogador quis dizer - e teria sido mal interpretado - foi com relação à entrega dos companheiros na partida, que os colegas deveriam ter se esforçado mais. Em vídeo publicado nas redes sociais, ao lado de Iago Padilha - que nada fala -, Fábio Santos disse que jamais admitiria que seus contratados vendessem um resultado de jogo.

'Ao término da partida, todos os jogadores estavam de cabeça quente. Um jogador, destaque nosso, o Iago Padilha, foi mal interpretado em uma postagem. Ele se referiu à venda do jogo. Isso não é verídico, não aconteceu. A 'venda' que ele falou foi uma 'doação'. A venda (no sentido) de doação dos jogadores que entraram e não renderam 100%. Isso Foi muito cobrado no vestiário, no caminho para o estádio, antes do segundo tempo. O Iago interpretou de uma maneira que as pessoas fizeram um ato criminoso, distorcendo o que ele falou. Ele quis falar da entrega dos jogadores. Foi uma entrega que, ao ver dele, não foi 100%', justificou o presidente Fábio Costa, em rápido pronunciamento.

'Isso (venda do jogo) nunca aconteceu nem irá acontecer. Nunca admitimos isso. Não contratamos pessoas aleatoriamente, tratamos com jogadores profissionais. O jogo era difícil, contra o Bagé, que se classificou com duas rodadas de antecedência. Tivemos um problema no jogo passado, em que perdemos seis jogadores. Entramos com os reservas, lutamos, mesmo com um a menos', explicou o mandatário.

Iago Padilha excluiu de suas redes sociais o post em que denunciava a venda do jogo relacionada a apostas. 'Já está difícil fazer futebol no interior, e os caras vêm de fora para usar o clube para fazer aposta. Sou da cidade e não aceito isso de venda de jogo. Por isso, anuncio meu desligamento do clube', escreveu o atleta.

O Farroupilha, da cidade de Pelotas, é o lanterna do Grupo D da Série B do Campeonato Gaúcho - equivalente à terceira divisão. O time soma um ponto em quatro jogos, marcou dois gols e sofreu 11. Restam mais duas partidas para o término da fase inicial, sendo um deles justamente contra o Bagé.

Mais Notícias

Mais Notícias