Técnico do United critica Cristiano Ronaldo por deixar amistoso no intervalo Técnico do United critica Cristiano Ronaldo por deixar amistoso no intervalo

Técnico do United critica Cristiano Ronaldo por deixar amistoso no intervalo

Técnico do United critica Cristiano Ronaldo por deixar amistoso no intervalo

A relação entre Manchester United e Cristiano Ronaldo parece se deteriorar a cada dia que passa. Antes mesmo do início do Campeonato Inglês, o atacante português foi alvo de críticas por parte do novo técnico do time, o holandês Erik ten Hag, nesta quarta-feira. O treinador não gostou nada da postura do astro no amistoso com o Rayo Vallecano, no domingo.

Cristiano Ronaldo deixou a partida ainda no intervalo do amistoso, ao lado do companheiro de time Diogo Dalot, que não estava relacionado para a partida. A saída precoce incomodou o treinador do United.

>

'Houve outros que foram para casa. Com certeza, não (posso aceitar). É inaceitável, para todos. Eu digo a eles: isso é inaceitável, nós somos um time, não uma seleção. Temos que ficar juntos até o final', disse Ten Hag, em entrevista ao canal holandês Viaplay Sport Nederland.

O amistoso no Old Trafford, com vitória do United por 1 a 0, marcou o retorno de Cristiano Ronaldo ao time inglês. Ele ficou fora das viagens do clube na pré-temporada. Alegou motivos pessoais, mas a imprensa europeia afirma que o jogador estava planejando seu futuro com outro time.

Discreto no amistoso, o atacante português estaria insatisfeito em defender o United nesta nova temporada europeia porque pretendia disputar a Liga dos Campeões, torneio para o qual o clube inglês não obteve a classificação.

>

Enquanto CR7 ficava fora dos amistosos do United em preparação para a temporada, a imprensa especulava sobre seu futuro. Ele teria sido oferecido para o Chelsea, Manchester City, Paris Saint-Germain e Bayern de Munique, sem sucesso.

Na semana passada, os rumores aumentaram com a visita do seu empresário à diretoria do United, o que parecia definir o seu futuro. Mas nada mudou. O clube chegou a recorrer ao lendário ex-treinador do time Alex Ferguson para convencer o português a seguir no time.

Como o Campeonato Inglês tem início nesta sexta, parece improvável que o português consiga deixar o clube, embora a janela de transferências na Inglaterra se encerre somente em 1º de setembro. O United vai estrear no domingo, em casa, contra o Brighton.

Mais Notícias

Mais Notícias