Aguarde...

ACidadeON

esportes

Japão perde, mas se classifica pela diferença de cartões

Seleção japonesa entrou na rodada como líder do Grupo H, mas não conseguiu segurar a Polônia e por pouco não ficou de fora

| Folha Press

Jogador do Japão, Maya Yoshida disputa lance com o atacante Robert Lewandowski (Foto: Themba Hadebe /Associated Press / Estadão Conteúdo)
 

O fair play decidiu o segundo classificado do Grupo H às oitavas da Copa do Mundo nesta quinta-feira (28). O Japão perdeu para a Polônia por 1 a 0, mas o menor número de cartões em relação a Senegal -que foi derrotado por 1 a 0 pela Colômbia- deu a vaga aos asiáticos.  

Os colombianos, com seis pontos, ficaram na liderança da chave.  

Japoneses e senegaleses ficaram ao final da terceira rodada da fase de grupos com o mesmo saldo de gols (0), número de tentos marcados (4) e sofridos (4). O critério seguinte seria o confronto direto, mas Senegal e Japão terminaram empatados em 2 a 2 no último domingo (24).  

O que decidiu, portanto, foi o saldo de cartões para cada um. Os senegaleses, com seis amarelos no Mundial, superaram os japoneses, com quatro, sendo assim eliminados da competição pelo critério de desempate, novidade no regulamento desta Copa.  


O primeiro tempo na Arena Volgogrado foi morno, com poucas finalizações de perigo. Os japoneses ficaram predominantemente na defesa, em jogo reativo, e a Polônia, que entrou em campo já eliminada da competição, teve a maior posse de bola: 56%.  

O lance mais emocionante do empate parcial sem gols foi aos 31min, em uma cabeçada do polonês Grosicki, que parou em uma defesa espetacular de Kawashima.  

Os japoneses começaram o segundo tempo de forma mais ofensiva, mas em um lance de bola parada sofreram um gol. Aos 14min da etapa complementar, Kurzawa cruzou para a área e Bednarek mandou para o fundo das redes.  

Os asiáticos se abalaram com o gol da Polônia e não conseguiram se organizar para ficar com a bola no pé. Enquanto isso, os poloneses seguiram construindo boas jogadas e assustando os adversários. No entanto, o resultado se manteve.  

O Japão enfrenta na próxima segunda-feira (2), a partir das 15h (de Brasília), em Rostov, o primeiro colocado do Grupo G -que será definido ainda nesta quinta, no duelo entre Inglaterra e Bélgica, às 15h. 

Arte: Gaspar Martins / A Cidade

Veja também