Publicidade

Gravidez e bebê

Emoções do bebê: mais lágrimas, mais sorrisos

Mais sociável, ele aprende que suas reações garantem a atenção das pessoas e vai chorar para protestar e rir para interagir.

| ACidade ON -

Com pouco mais de quatro meses, seu filho ainda demorará um pouco para falar, mas não é por isso que a comunicação entre vocês ficará comprometida até lá. Muito pelo contrário! Além da conquista de novas habilidades sensoriais e motoras, o bebê pouco a pouco passa a testar o que funciona ou não para chamar a atenção dos pais e cuidadores.




Choro de protesto

Antes de começar a chorar, por exemplo, ele faz gestos - como esticar os bracinhos em sua direção - e emite sons. Isso é mais comum quando você se afasta ou quando ele a vê sair, por isso nunca deixe de se despedir.



Outra atitude é "protestar" quando não quer algo - como colocar uma roupa ou sair do banho - ou quando um adulto tenta tirar um brinquedo das mãos dele.



Sorrisos em troca de carinho

Os risos, por sua vez, são cada vez mais recorrentes e deliciosos: servem para mostrar contentamento e alegria ao ver alguém, para expressar que querem carinho e até como imitação do jeito dos pais ou irmãos durante as brincadeiras. Não se esqueça de registrar em vídeo, ainda mais quando acontecem os incríveis ataques de gargalhadas!



Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.

Mais notícias


Publicidade