Publicidade

Gravidez e bebê

O lado bom de ter um animal de estimação

Conviver com um pet (cão ou gato) traz vantagens para a autoestima e até para a saúde da criança, que desenvolve menos alergias e asma.

| ACidade ON -

Ter um pet em casa depende, obviamente, de vários fatores: recursos financeiros, espaço, disponibilidade de tempo para cuidados, etc. Se você vem cogitando a possibilidade de ter um, mas sente receio de colocar o bicho perto do seu filho, pode ficar tranquila: especialistas garantem que a relação entre crianças e animais é bastante positiva, sob vários aspectos. O convívio estimula o companheirismo, a amizade, o senso de responsabilidade, a socialização e ainda, acredite, evita doenças. 

 


Segundo pesquisas conduzidas pela Universidade de Alberta, no Canadá, os cães reforçam o sistema imunológico das crianças, diminuindo o risco de doenças infantis alérgicas. Isso porque existem algumas bactérias "do bem" que ajudam na proteção e evitam até o ganho acelerado de peso, combatendo a obesidade. 

 


Outro estudo, realizado pelo Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos, analisou as partículas encontradas nas residências de mais de 400 crianças, durante sete anos, e descobriu que nas casas com maior quantidade de alérgenos de gatos, os pequenos tinham menos chance de desenvolver asma. 

 

E mais: a amizade com um cãozinho pode acalmar crianças portadoras do Transtorno do Espectro Autista (TEA). De modo geral, os pets reduzem o stress, a ansiedade e até o risco de depressão. 



Quer saber mais? Assine nossa newsletter e receba toda semana mais matérias sobre como o seu bebê está se desenvolvendo. É rápido e gratuito.

Mais notícias


Publicidade