Aguarde...

ACidadeON

Lazer e Cultura

'É o personagem mais difícil que já fiz', diz João Vicente de Castro sobre Alain

| FOLHAPRESS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A trama de "Espelho da Vida" tem deixado os telespectadores confusos e cheios de teorias sobre os personagens e suas respectivas vidas passadas. João Vicente de Castro, 35, toma o centro das especulações ao interpretar o controverso Alain, vilão ou mocinho ainda indefinido. "É o personagem mais difícil que eu já fiz na minha vida", disse o ator na segunda (12), distanciando o personagem do que ele chama de "clichê de novela, em que um mocinho é só bom e um mauzinho é só mau". "Não só a Elizabeth [Jhin, autora da novela], mas autores de que eu gosto muito entendem que a dramaturgia envolve personagens tri, quadri, quintuple dimensionais."  Castro é um dos comediantes fundadores do canal humorístico Porta dos Fundos e impulsionou a carreira com ator de novelas interpretando o vilão Lázaro Vasconcelos em "Rock Story". Agora, tem ganhado elogios em sua primeira experiência como protagonista na novela das seis, exibida desde setembro.  Ele vive Alain, um bem-sucedido diretor de cinema que volta à sua cidade natal para filmar a história de uma jovem que morreu na década de 1930 em um crime passional. "Pode ir buscar seu Oscar, meu amor", publicou um fã no Twitter após o episódio deste sábado (17). "Ele enfiou a novela no bolso. Aceita ou surta", disse outro na mesma rede social.  Mesmo com as congratulações, ele não se diz menos nervoso do que estava no começo das gravações. "O nervosismo faz parte do processo. Se eu estivesse calmo, estaria errado. Estou satisfeito, mas tentando melhorar a cada dia." O ator diz ter estudado muito o texto e recorrido com frequência à autora e ao diretor, Pedro Vasconcelos. "Precisei entender como seria fazer um personagem tão magoado pela vida, que brigava com tanta gente e ao mesmo tempo com umas qualidades, sutilezas."  Na última semana, seu personagem descobriu que é pai de Priscila (Clara Galinari). A expectativa é a de que a revelação traga mais clareza sobre a verdadeira índole do personagem. O elenco, no entanto, afirma não saber o futuro da trama -segredo guardado por Vasconcelos. "Acho que a gente tem que esperar de todos nós evolução, poucas pessoas na vida são condenadas à involução", diz o ator sobre suas apostas. "A maioria das pessoas aprende com os erros e vai tentando melhorar. Acho que o Alain vai melhorar e vai se redimir de todas as coisas humanas que ele fez." Desde o começo do mês, ele passou a interpretar também Gustavo Bruno, pretendente de Júlia (Vitória Strada) na vida passada. Castro se diz ocupado demais com os papéis na novela para pensar em seus próximos projetos. "Acho que o que estou fazendo agora é importante o suficiente para eu ficar bem focado." A entrevista ao F5 aconteceu durante o pré-baile da Vogue, patrocinado pela Johnnie Walker, da qual o ator é garoto-propaganda. Na ocasião, ele disse ser um "uisqueiro desde moleque". "O uísque é uma bebida que vem desde o meu pai [o jornalista Tarso de Castro]. Foi minha primeira bebida, lembro que a primeira vez que eu tomei um copo de uísque eu me senti um cara mais adulto."  

Veja também