Publicidade

mundodosbichos

Alimentos nocivos para pets: veja lista

Saiba quais alimentos evitar e proteja a saúde do seu animalzinho

| Mundo dos bichos -

 

Dicas para entender seu pet na pandemia


É muito comum que os cães fiquem com aquela carinha de pidão sempre quando estamos comendo alguma coisa perto deles. Dar outros alimentos, além da ração, não é proibido, mas existem alguns itens que devem ser evitados pois podem prejudicar a saúde do cão. Dependendo da quantidade ingerida e da sensibilidade do pet, alguns alimentos podem ocasionar intoxicação alimentar, diarreia e até mesmo problemas de saúde.

A primeira regra é evitar oferecer alimentos açucarados ou ultraprocessados, como bolos, bolachas e doces. Além de causar desconforto intestinal, eles podem causar diabetes e outros problemas. E comida caseira, faz mal? Dar arroz, feijão e pedaços de carne para o cão não faz mal à saúde, mas pode fazer com que o animal tenha sobrepreso, pois é mais difícil controlar a quantidade de calorias que ele ingere em cada refeição.

Também é importante lembrar que o trato intestinal dos animais não é capaz de se adaptar com a alimentação da mesma forma que o nosso, por isso, alguns alimentos podem causar desconforto gastrointestinal, vômitos, diarreia e mal-estar. Frituras e gorduras em geral podem gerar pancreatite no animal, além de inflamação no pâncreas. Então, evite oferecê-las para seu pet!


A vermifugação deve fazer parte da rotina dos pets?

Alimentos proibidos

Existem inúmeras comidas proibidas, como cebola, alho, uva, álcool, leite e derivados, salgadinhos, carne crua ou mal passada, ovos, ossos, massa de fermento, entre outros que podem causar intoxicações ou alergias.


Abacate: esta fruta pode afetar o trato gastrointestinal e causar dificuldades respiratórias, pois o abacate possui uma substância tóxica chamada persina (ela está presente tanto na fruta quanto nas folhas e casca do abacateiro).

Adoçantes: xylitol, um adoçante super comum em doces pode causar problemas no fígado do seu cachorro.

Álcool: em hipótese alguma dê bebida para animais. Mesmo em pequena quantidade, o álcool pode causar sérios problemas no seu pet, como vômitos, problemas de respiração, coma e até morte.

Cafeína: lembrando que esta substância pode ser encontrada não só no café, mas também em alguns chás, refrigerantes e bebidas energéticas. A cafeína atua diretamente no sistema nervoso do animal e pode causar hiperatividade e tremores.

Cebola e alho: mesmo que estes temperos ofereçam benefícios para os humanos, são nocivos para os pets. Esses alimentos, em grande quantidade, podem causar anemia, fraqueza e falta de apetite.

Chocolate: o chocolate possui teobromina, substância encontrada no cacau que causa intoxicação nos animais. Então, os tipos mais perigosos são os mais escuros, mas todos os tipos (até chocolates brancos) podem ser fatais para cachorros.

Frutas cítricas: em pequenas quantidades não costumam ser contraindicadas, mas quantidades maiores podem causar problemas no estômago e diarreia.

Uvas e passas: as uvas e passas podem causar problemas renais fatais em cachorros. Mesmo uma quantidade pequena pode ser perigosa, pois possuem componentes tóxicos que podem levar à falência renal.

Laticínios: mesmo que o leite não seja proibido, é melhor evitar oferecer para os pets. Cães e gatos não foram feitos para tomar leite de vaca, então a bebida e seus derivados podem causar vômitos, diarreia e outros problemas digestivos. Para os filhotes, existem leites próprios para animais.

Maçã com sementes: A maçã pode ser indicada em algumas dietas naturais, mas é necessário ter muito cuidado com as sementes, pois elas contêm cianeto, uma substância altamente tóxica para os animais, que pode causar convulsão, hiperventilação, disfunção cardíaca seguida de choque cardiogênico e coma.

Ossos cozidos: oferecer ossos para os cães é perigoso devido ao risco do animal se engasgar, ou o osso quebrar e machucar o trato digestivo do seu pet.

Sorvetes: Por possuir lactose, ocorre o mesmo problema que os demais laticínios. E mesmo a versão de frutas pode contribuir para o excesso de peso nos cães devido à adição de açúcar.

Salsicha, mortadela, linguiça e embutidos em geral: esses alimentos possuem uma grande quantidade de conservantes e sódio, e por isso, devem ser cortados da alimentação do seu pet, pois causa irritação gastrointestinal.




Mais notícias


Publicidade