Aguarde...
Mundo dos Bichos

MEIO AMBIENTE

Com quantos anos você descobriu que o tucano não é uma espécie?

Encontrados somente na América do Sul, pássaros são admirados no mundo inteiro

| ACidade ON

Pouca gente sabe, mas os tucanos não são uma espécie de pássaro, e sim um gênero. Na prática, isso significa que "tucano" é um nome genérico para se referir a um grupo de pássaros que compartilham traços comuns. Ao todo, existem cerca de 40 tipos de tucanos registradas. Da mesma família que os pica-paus, eles também são parentes dos araçaris e saripocas, pássaros semelhantes aos tucanos, que possuem longos bicos e plumagem multicor.  

A principal característica dos tucanos é o enorme e colorido bico, que pode chegar a quase 1/3 do seu corpo o maior do reino animal em termos de proporção. Apesar da grande extensão, esse bico não é pesado nem muito forte, já que sua estrutura é oca e o maxilar não é suficientemente desenvolvido. No entanto, tais propriedades são essenciais para que a ave não perca o equilíbrio durante o voo e consiga manter sua dieta, composta por frutos, insetos, pequenos lagartos, anuros (como pererecas) e ovos de outros pássaros.   


Ao contrário do que o filme Rei Leão sugere, os tucanos não são encontrados no território africano. Todas as espécies do gênero vivem no continente sul-americano, ao longo de países como as Guianas, Brasil e Argentina. Habitando preferencialmente regiões muito arborizadas, os pássaros constroem seus ninhos em buracos nos troncos e gostam de se esconder entre as folhagens densas.   

Consideradas aves de médio porte, os tucanos costumam medir cerca de 50 cm de comprimento e podem viver mais de 40 anos. Em cativeiro, porém, eles se recusam a comer e podem morrer em pouco tempo. Por isso, o tráfico de animais silvestres ameaça diversas tipos de tucanos e inclusive levou algunss deles a risco de extinção.
Ironicamente, a característica que mais ameaça e fragiliza essas aves não é a sua delicada e sensível constituição física, mas sua beleza fora do comum e sua dependência da liberdade.

REFRIGERADOR EMBUTIDO

O bico dos tucanos e as orelhas dos elefantes guardam mais afinidade do que pode parecer. Devido à elevada concentração de vasos sanguíneos na área e à sua enorme superfície de contato, ambas as estruturas funcionam como um tipo de ar-condicionado natural, que ajuda a dissipar o calor do corpo. Evidentemente, o avantajado bico do tucano não desempenha apenas essa função, já que é útil também para a alimentação e para a corte das aves. A função de "refrigerador embutido", entretanto, é um ótimo exemplo do poder de adaptação da natureza.