Vertical Adventures apresenta

bora ligar o modo on
em nossas aventuras


Publicidade

on adventure

5º Oceano é oficialmente reconhecido por pesquisadores

Após anos de discussão, o 5º Oceano da Terra foi finalmente reconhecido oficialmente. O Oceano Antártico forma um círculo ao redor do continente Antártico.

| ON Adventure -

Pesquisadores da National Geographic Society, uma organização científica e educacional sem fins lucrativos, referência em padrões de mapeamento há mais de cem anos, reconheceram um novo Oceano para a lista que contava com 4 oceanos até então: os Oceanos Pacífico, Atlântico, Índico e Ártico.

Isso significa que a partir de agora os mapas-múndi terão também o Oceano Antártico. 

A discussão sobre o "novo" oceano não é uma discussão recente, na verdade os debates se prolongam há cerca de um século. Nos Estados Unidos, o Comitê de Nomes Geográficos e a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) já consideravam a existência do Oceano Antártico, desde 1999 e Fevereiro de 2021, respectivamente. Agora, no dia 8 de Junho de 2021, a National Geographic Society (NGS) finalmente anunciou que o Oceano Antártico existe oficialmente e é o quinto oceano da Terra. 

Delimitação do Oceano Antártico | Imagem: Reprodução
Mas o que muda com a descoberta do novo Oceano?

A NGS acredita que o reconhecimento do Oceano terá impactos sociais importantes, que se refletirá diretamente no âmbito ambiental, principalmente a partir da educação e conscientização.

Trazendo o tema para discussão, para que sejam debatidas as particularidades e a importância deste Oceano que circunda o continente Antártico, já que hoje os estudantes aprendem sobre o ecossistema dos oceanos, estudando cada um deles de maneira individual.

Particularidades do Oceano Antártico

Os quatro oceanos já eram conhecidos Pacífico, Atlântico, Índico e Ártico são definidos pelos continentes que os cercam, mas o Oceano Antártico vai contra esse padrão. Ele forma um círculo ao redor de um continente inteiro, limitando-se a Corrente Circumpolar Antártica (ACC).  

Os pesquisadores acreditam que a ACC tenha surgido há 34 milhões de anos, quando a Antártica se separou da América do Sul. A corrente se estende a 60 graus de latitude sul, formando uma barreira invisível que guarda águas mais geladas e menos salgadas.

Ao mesmo tempo, a ACC puxa águas dos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico, impulsionando um sistema de circulação que transporta calor ao redor de todo o planeta. Enquanto isso, suas águas geladas recuperam o carbono, armazenando-o nas profundezas do oceano. Tais particularidades tornam o ecossistema único, sendo berço de diversas espécies que não podem ser observadas em nenhum outro lugar do globo.

Com os estudos e debates acerca única e exclusivamente do novo oceano, se espera que esforços para preservação ambiental e regulamentações sejam melhores direcionados.

Curiosidades:

Diferentemente do Ártico, que é habitat de Ursos Brancos, o Antártico é habitat de Pinguins.
Não há ursos no circulo polar antártico, bem como os não há pinguins no ártico. São animais "Endêmicos", o que significa que vivem apenas em lugares específicos do planeta.  

Pinguins em um dia de verão | Imagem: Reprodução
Turismo e aventura:

Alguns esportes extremos que podem ser praticados na Antártica é o mergulho.
Mas este se reserva a mergulhadores acostumados e águas geladas, que no verão do hemisfério sul chega a ter águas a 0ºC.
Em dezembro e janeiro, o sol se faz mais presente, e é possível ver bebês pinguins por toda parte, já que os ovos começam a eclodir em dezembro. Nesses meses, você também terá a chance de ver bebês focas com suas mães.
Focas e baleias pode ser vistas nas águas azuis do final da estação. 
Mergulho no Oceano Antártico | Imagem: Reprodução
Há também a Ultramaratona de gelo Antártica que começou em 2006 com uma extensão de 100km, e é considera a prova mais difícil do mundo. Imagina só, quão extremo é esse esporte. 
Maratona de gelo antártica, 100km de prova | Imagem: Reprodução

Mais notícias


Publicidade