Publicidade

onrun

13 acessórios essenciais para iniciar na corrida de rua.

Separamos uma lista de acessórios e vestimentas fundamentais para você iniciar com tranquilidade e segurança na corrida de rua.

| ON Run -

 

Pois é, corredor! Já se foi o tempo em que as pessoas simplesmente colocavam um calção, uma camisa e um tênis qualquer para correr. Com acesso à informação que temos nos dias atuais e o tanto de acessórios e vestimentas existentes no mercado, voltados para o segmento da corrida de rua, fica difícil até saber o que comprar.
Aos poucos, os praticantes da corrida de rua foram tendo acesso aos materiais esportivos, que em sua maioria eram importados, não existindo tantas opções. As poucas que tinham no mercado eram muito valorizadas, tornando-se o sonho de consumo de muitos corredores.

Mas parece que o jogo virou, não é mesmo? 

Se antes tínhamos poucas opções para escolher, hoje em dia a dúvida mais comum é saber qual material comprar para realizar a corrida. Embora a oferta e acesso aos produtos esportivos seja muito grande e variada, a missão de encontrar o tênis ideal se compara a quase a escolha de um filme para assistir na Netflix. São tantas possibilidades que o corredor acaba ficando meio perdido. 

Mas, calma! Estamos aqui para ajudar. Tanto é que pensando nisso, separamos abaixo algumas orientações sobre a compra dos principais produtos para quem vai iniciar na corrida de rua e não nem por onde começar. 

Lembrando que o grande diferencial será você, corredor! Os materiais ajudam a dar mais qualidade e segurança aos seus treinos, mas jamais irá fazer você correr mais rápido ou melhorar seu pace. A ferramenta mais moderna e determinante ainda continua sendo o bom, velho, mas ao mesmo tempo moderníssimo, treino! Esse aí, pode ter certeza, nunca sai de moda.

Mas vamos ao que interessa, confira os itens que selecionamos abaixo e que te ajudará a se guiar na hora das compras.

Roupas e acessórios para corredores de rua  

O boné deve ter proteção UVA e um tecido específico para a prática esportiva. (Crédito: freepik).

1- Boné: O ideal é que ele tenha proteção UVA e um tecido específico para a prática esportiva, que ajuda na ventilação do couro cabeludo. 

Evite usar bonés em tecidos inadequados, em especial tecidos sintéticos. 

2- Viseira: É a opção ideal, pois protege o rosto dos raios solares e favorece a respiração do couro cabeludo. 

Evite usar se você for do grupo dos carecas ou tiver o cabelo muito curto, pois o sol pode queimar o couro cabeludo, causando complicações para a saúde. 

É muito importante que ao utilizar bonés ou viseiras, você não se esqueça de passar protetor solar também nas orelhas, pois são regiões normalmente esquecidas, mas assim como outras partes do corpo, elas também precisam de devida atenção! 

3- Relógio: O ideal é ter um relógio digital, em especial se você faz seus treinos com orientação e tem um local com as marcações da distância, você precisará apenas saber o tempo. Se tiver um pouco de grana sobrando, poderá investir em um relógio com frequência cardíaca. O ideal é escolher uma marca de confiança, por ser um indicativo de intensidade de treino (saúde) e um relógio com GPS para trazer informações sobre distância e tempo percorrido, que ajudará seu professor a prescrever seus treinos. 

O ideal é ter um relógio digital, para ajudar na marcação do treino. (Crédito: freepik).

Observação: Não esqueça de dar atenção à limpeza do sensor que fica em contato com a pele, sendo mais comum na parte de baixo dos relógios smartwatches, principalmente ao usar o protetor solar ou quando correr em estradas de terra, pois a oleosidade e a poeira podem interferir na aferição da frequência cardíaca. 

4- Camisa: Se for correr em local seguro como parques, academia ou clube, utilize roupas com cores mais claras, mas que tenha uma proteção contra os raios UVA, pois não retém tanto calor. Agora, se for correr na rua, por segurança evite o pretinho básico, dê preferência para as cores vivas, comuns nas camisetas de corrida de rua. Por conta do trânsito, as cores ajudam na segurança, pois dessa forma o corredor poderá ser visto pelos motoristas. 

Evite roupas escuras. Embora filtrem mais os raios UVA, retém mais o calor e, com isso, você poderá ter dificuldade na refrigeração do corpo. 

Observação: Fiquem atentos, em especial os corredores do sexo masculino! Evite camisas ou blusas muito justas, que tenham o logo bordado ou algum adesivo posicionado na altura do peito, próximo ao mamilo (bico do peito), pois este detalhe pode acabar incomodando muito durante seu treino, em especial os treinos mais longos. Na dúvida, coloque um esparadrapo para ajudar a evitar machucados! 

5- Shorts: O Ideal é usar shorts específicos, ou seja, que permite que você realize uma amplitude de movimento ideal para corrida. Aposte em cores vivas, principalmente se sua camisa for de uma cor neutra (preto, branco, cinza).
Evite shorts de outras modalidades esportivas ou mesmo bermudas normais, que podem ficar travando seu movimento e, em alguns casos, podem até provocar algumas assaduras muito desconfortáveis. 

6- Bermuda ou shorts de Lycra: Muito utilizado pelas meninas que se sentem mais confortáveis com a roupa. Nos dias frios, ajuda a manter o aquecimento, mas os meninos têm utilizado a lycra, em especial, para evitar as possíveis assaduras provocadas pela fricção na parte interna da coxa. 

Evitar lycra em tecido sintético que aumenta o calor e tamanhos muito pequenos, com compressão muito forte, que podem comprometer a circulação e gerar alguns desconfortos. 

7- Meias: Utilize meias que ajudam na transpiração, evitando que seu pé fique desconfortável. Em sua grande maioria, as meias esportivas têm em sua composição mais algodão e menos tecidos sintéticos. 

Evite meias com tecidos sintéticos que podem provocar algumas bolhas por conta do atrito e calor durante seus treinos.
Agora, o item mais esperado. O queridinho dos corredores. Vamos falar sobre os tênis. 

8- Tênis: Esse é o produto mais caro e o que tem as mais opções no mercado. É a primeira coisa que os corredores pensam quando se fala em corrida de rua. E para falar a verdade, dizer eu te amo é bom, mas ganhar um tênis de corrida é de arrepiar! Não tem preço... Quer dizer, tem sim! E nem sempre os mais caros são os melhores para você. Saiba que o nosso pé tem muitas articulações e curvaturas que podem não se adaptar a determinado tipo de tênis ou até mesmo a algum modelo de marca esportiva.  

O tênis é o principal acessório para a corrida de rua. (Crédito: freepik).

A principal recomendação feita pelos especialistas é que seu tênis de corrida precisa ter em sua composição o EVA (borracha), pois esse material absorve mais os impactos e tem uma durabilidade maior. Então, nossa recomendação é que na sua compra evite os tênis que tenham outros materiais em sua composição. 

Evite comprar o tênis que o tal corredor de elite queniano está usando no dia a dia ou na entrevista coletiva, antes de uma maratona. Estes normalmente são usados para divulgação do modelo, como publicidade. Caso queira se espelhar em algum atleta, dê preferência sempre ao modelo que eles usam para treinar e competir! 

Custo: Você encontrará no mercado preços que variam de R$200,00 a R$400,00 em um ótimo tênis para iniciar com segurança e qualidade! 

Vale destacar que a ideia aqui é recomendar um tênis para quem vai iniciar, logo não estamos preocupados com a performance nesse momento. Por isso, não recomendamos os tênis com placa de carbono, que é o mais tecnológico e moderno até o momento, porém possui um valor muito alto. Este poderá ser um investimento para ser feito no futuro, caso seja o seu desejo.

9- Garrafa de água: é essencial se hidratar durante o treino, por isso, indicamos que você compre uma garrafinha de água resistente, caso caia no chão. Na garrafa pode ter água ou isotônico, vai da preferência e gosto do corredor, mas
Porém, num dia de calor e sol forte, molhar a cabeça com uma água bem geladinha não tem preço. É importante pensar nisso!  

É essencial se hidratar durante o treino, por isso, indicamos que você compre uma garrafinha de água resistente. (Crédito: freepik).

Evitar nos treinos mais longos, ou mesmo nas provas, jogar água no corpo. Principalmente, não deixe seu tênis molhar, pois isso pode aumentar o atrito e fazer bolhas, podendo causar até mesmo a proliferação de fungos que fazem a unha cair, por conta da umidade nos pés durantes os treinos! 

10- Óculos de sol: Para complementar a proteção contra o sol, o óculos de sol é fundamental. A viseira e o boné não conseguem proteger totalmente a visão, que pode ser bastante prejudicada pelos raios de sol. Por isso, opte por um óculos de sol confortável e que não atrapalhe seu momento de corrida.

11- Braçadeira: Quem não gosta de correr ouvindo uma musiquinha, né? Principalmente se for em ambiente seguro, essa opção é muito prazerosa. Mas o chato é ter que ficar segurando o celular ou o aparelhinho que reproduz a música enquanto pratica a corrida de rua. Por isso, uma opção é comprar uma braçadeira para colocar o celular, evitando assim o risco dele cair no chão e quebrar ou ter que se preocupar em ficar segurando.
 

A braçadeira serve para colocar o celular, evitando assim o risco dele cair no chão e quebrar ou ter que se preocupar em ficar segurando. (Crédito: freepik).
 


12- Mini pochete: Assim como a braçadeira é interessante para guardar o celular, uma mini pochete pode resolver vários problemas, como por exemplo: onde colocar chaves, documentos, dinheiro e até mesmo sachês de hidratação. Super útil e sem incomodar na hora do treino, para que você esteja sempre preparado para os imprevistos. 

O ideal é ter uma pochete que possibilita que seus pertences, como a chave do carro e documento, fiquem fixos ao corpo. As pochetes tradicionais, com volume, não são indicadas, pois ficam batendo a cada passada e acaba incomodando bastante, podendo até mudar o seu jeito de correr, te aproximando de uma possível lesão ou desvio postural. 

13- Cadarço: O tênis é peça fundamental na corrida de rua, mas o cadarço não fica para trás, pois ninguém merece ficar parando o tempo todo para ficar amarrando o sapato, não é mesmo? Acaba totalmente com o ritmo da corrida! Dê preferência para os cadarços elásticos, pois não desamarram e possuem a elasticidade necessária para que o corredor calce o tênis sem precisar tirar o nozinho do cadarço. 

Embora seja uma simples cordinha, já houveram casos de atletas que perderam provas por terem seu cadarço desamarrado durante o trajeto. Por esse motivo, antes da largada, certifique-se de ter dado o nó certinho. Para garantir, o ideal é sempre dar dois ou três nós no cadarço.

Bom, agora que você já conferiu a lista de materiais que podem ajudar a sua corrida de rua a ficar mais tranquila, segura e prazerosa, lembre-se que o mais importante é o corredor. Mantenha-se hidratado, alongado e informado, acompanhando nossas dicas sobre o universo da corrida de rua, afinal de contas: corrida não é só correr!


Mais notícias


Publicidade