Publicidade

onrun

Seja uma mãe corredora e viva melhor, com mais saúde e alegria

Neste dia 8 de maio, em que se comemora o Dia das Mães, on run traz dicas especiais para as mamães que ainda não correm darem o primeiro passo

| ON Run -

Neste dia 8 de maio, em que se comemora o Dia das Mães, on run traz dicas especiais para as mamães que ainda não correm darem o primeiro passo. (Foto: Banco de imagens)


Para muitas famílias, o segundo domingo de maio é uma data para reunir à família em torno de uma mesa farta. Seja em um restaurante ou em casa, o Dia das Mães, para muita gente, se resume a um belo almoço. 

Para os corredores e corredoras, não é bem assim. Especialmente para as mamães atletas. No dia delas, a comemoração vai começar com tênis no pé e quilômetros percorridos neste 8 de maio.  

Se você é mãe e corredora, parabéns! Se ainda não criou coragem ou acha que não vai dar conta de conciliar o cuidado dos filhos com o esporte, este texto é para você. Afinal, nunca se esqueça que é preciso saber cuidar da gente para cuidar bem do outro.

COMECE A CORRER 

A primeira coisa a fazer é entender o que fazer. Se você não se exercita há algum tempo, primeiro deve fazer uma avaliação física e médica. Depois, o ideal é procurar um treinador/treinadora ou entrar em uma assessoria de corrida. 

Embora a corrida seja uma modalidade que permite treinar por conta própria, a orientação de um profissional fará toda a diferença. E não estamos falando de performance, mas de transformar essa atividade em uma prática segura, saudável e divertida.

QUE TAL UMAS COMPRINHAS? 

Dar um pulinho em uma loja física ou navegar por sites de compras em busca de um bom par de tênis de corrida e roupas adequadas pode ser uma motivação extra para começar a treinar. Estrear um visual novo é sempre bacana. Além disso, é muito importante investir em material adequado e de qualidade para treinar com segurança e evitar lesões.

ENVOLVA A FAMÍLIA  

Assim que você estiver se sentindo confiante na condição de mãe corredora, leve a família junto. Envolver o marido e os filhos no esporte criará um elo ainda mais forte entre todos. Aos finais de semana, por exemplo, um bom programa poderá ser uma corrida pelo parque ou mesmo a participação em provas. É cada vez mais comum encontrar eventos destinados a crianças e adultos.

MAMÃE SAUDÁVEL E BONITA
 
Correr, como toda a atividade aeróbia, traz dois benefícios claros. O primeiro, você sente e ninguém vê. Trata-se da saúde. O segundo, você sente e todo mundo percebe. O suor deixado pelo caminho nos treinos "derrete" aquela gordurinha e, com o tempo, toda corredora se sente mais feliz com seu corpo. A autoestima agradece.

FORÇA E VITALIDADE  

Correr traz vigor e sensação de bem-estar. E isso pode fazer toda a diferença na tarefa de acompanhar ritmo frenético das crianças. Com maior disposição, a mãe consegue dar conta das tarefas de casa e também do trabalho para as mulheres que fazem jornada dupla com afazeres domésticos e profissionais e encontrar tempo para se dedicar as coisas que gosta.

RADICALIZANDO
 
Se, depois de tudo isso, você ainda não se convenceu a começar a correr, confira a história de Cynthia Lauren Arnold.  

Aos 34 anos, a atleta amadora de Montana, nos Estados Unidos, entrou para o Guinness Book ao bater o recorde mundial da meia-maratona empurrando um carrinho com seus três filhos pequenos, de 6 anos, 3 anos e 21 meses. Ela cruzou a linha de chegada da meia-maratona de Missoula, nos Estados Unidos, em 1h29min08s. 

Outro recorde interessante pertence a Theresa Pitts, mãe de 8 crianças, que está no Guinness Book por correr a Maratona de Missoula em 4h25min37s, também carregando seus três filhos.


Mais notícias


Publicidade